Sonho de Consumo – The 1966 Live Recordings [Bob Dylan]

O malditovivant está fazendo 8 anos de vida, algumas novidades estão chegando, mas tudo será mostrado na semana que vem. Revendo os Posts, me lembrei de uma tag que eu deixei de usar O Sonho de Consumo.

tumblr_nmr8cfx9xd1qzy30io1_1280

Resolvi resgatar a TAG com o lançamento do Dylan. Todos sabem o quanto eu gosto do Bob Dylan, e agora ele lança uma caixa com 36 CDs intitulada The 1966 Live Recordings. São gravações especiais, pois o ano de 66 foi marcado por ser uma das turnês mais longas de Dylan. E ele não estava sozinho, a The Band o acompanhava.

Entre os discos temos Shows nos Estados Unidos, na Europa [com destaque para Royal Albert Hall, em Londres onde ele fez dois shows] e na Austrália.

dylan3

Track List dos CDS

Disc 1 – Sydney, 13 April 1966 (Soundboard recorded by TCN 9 TV Australia)
Disc 2 – Sydney, 13 April 1966 (Soundboard recorded by TCN 9 TV Australia)
Disc 3 – Melbourne, 20 April 1966 (Soundboard/unknown broadcast)
Disc 4 – Copenhagen, 1 May 1966 (Soundboard)
Disc 5 – Dublin, 5 May 1966 (Soundboard)
Disc 6 – Dublin, 5 May 1966 (Soundboard)
Disc 7 – Belfast, 6 May 1966 (Soundboard)
Disc 8 – Belfast, 6 May 1966 (Soundboard)
Disc 9 – Bristol, 10 May 1966 (Soundboard/audience)
Disc 10 – Bristol, 10 May 1966 (Soundboard)
Disc 11 – Cardiff, 11 May 1966 (Soundboard)
Disc 12 – Birmingham, 12 May 1966 (Soundboard)
Disc 13 – Birmingham, 12 May 1966 (Soundboard)
Disc 14 – Liverpool, 14 May 1966 (Soundboard)
Disc 15 – Leicester, 15 May 1966 (Soundboard)
Disc 16 – Leicester, 15 May 1966 (Soundboard)
Disc 17 – Sheffield, 16 May 1966 (CBS Records recording)
Disc 18 – Sheffield, 16 May 1966 (Soundboard)
Disc 19 – Manchester, 17 May 1966 (CBS Records recording)
Disc 20 – Manchester, 17 May 1966 (CBS Records recording except soundcheck/soundboard)
Disc 21 – Glasgow, 19 May 1966 (Soundboard)
Disc 22 – Edinburgh, 20 May 1966 (Soundboard)
Disc 23 – Edinburgh, 20 May 1966 (Soundboard)
Disc 24 – Newcastle, 21 May 1966 (Soundboard)
Disc 25 – Newcastle, 21 May 1966 (Soundboard)
Disc 26 – Paris, 24 May 1966 (Soundboard)
Disc 27 – Paris, 24 May 1966 (Soundboard)
Disc 28 – London, 26 May 1966 (CBS Records recording)
Disc 29 – London, 26 May 1966 (CBS Records recording)
Disc 30 – London, 27 May 1966 (CBS Records recording)
Disc 31 – London, 27 May 1966 (CBS Records recordings)
Disc 32 – White Plains, NY, 5 February 1966 (Audience tape)
Disc 33 – Pittsburgh, PA, 6 February 1966 (Audience tape)
Disc 34 – Hempstead, NY, 26 February 1966 (Audience tape)
Disc 35 – Melbourne, 19 April 1966 (Audience tape)
Disc 36 – Stockholm, 29 April 1966 (Audience tape)

Essa caixa surgiu depois de uma pesquisa no acervo da gravadora, que percebeu a riqueza e qualidade do material encontrado, muitas das canções são bootlegs ou gravações diretas das mesas de som, mas com uma qualidade nunca vista antes.

Entre os sons encontrados, está a emblemática “Tell Me, Momma”. Que figurou em alguns dos shows na Inglaterra, mas nunca apareceu em nenhuma coletânea do cantor.

A previsão de lançamento é para o dia 11 de Novembro, mas antes disso será lançado um Disco da apresentação no Royal Albert Hall.

Um belo sonho de consumo musical.

Voltamos amanhã com Cinema.

Anúncios

Sonho de Consumo – Alfred Hitchcock – MASTERPIECE

“Elas pagam para serem assustadas.” Hitchcock.

Esse ano parece ser o ano do Hitchcock, no Sábado passado a HBO estreou um telefilme sobre uma das musas do diretor Tippi Hedren [que participou de Os Pássaros e Marnie], o diretor tinha uma obsessão por Tippi isso a consumia a atriz [sobre isso falo em outro post]. Ainda nesse ano teremos um filme sobre Hitchcock, com Anthony Hopkins no papel principal e Hellen Mirren como coadjuvante.

Por essas e outras, meu sonho de consumo é baseado no diretor. No fim do ano passado foi lançando esta bela caixa com todos os filmes do diretor: Blu-ray Alfred Hitchcock – Masterpiece. A caixa contém 14 discos com todos os filmes de sua carreira, além de estar recheado de bons extras, mostrando a influência do diretor nos dias de hoje.

Além dos extras e dos filmes em grande qualidade a caixa também vem com 14 Cards sobre os filmes e mais um livro com informações sobre o elenco.

91hPQMtcB4L._AA1500_

Sinopse:

Psicose 
O clássico Psicose começa com a secretária Marion [Janeth Leigh] dando um desfalque de 40 mil dólares na imobiliária onde trabalha. É uma tarde quente de sexta-feira. Ela pede licença ao patrão para sair mais cedo, e leva consigo o pacote contendo o dinheiro, certa de que seu crime só seria percebido após o final de semana. Com pouco mais de dois dias para fugir, Marion sai dirigindo sem destino pelas estradas norte-americanas. Cansada, vai parar no Motel Bates, um lugar decadente, que quase fechou suas portas após o desvio da auto-estrada.

Um Corpo Que Cai 
Grande clássico da história do cinema, e presença obrigatória em todas as listas relacionando os melhores filmes de todos os tempos, Um Corpo que Cai marca um dos momentos mais importantes da carreira de Hitchcock. A trama mostra o detetive John Ferguson [James Stewart], um homem que acredita ser culpado pela morte de um colega policial.

Os Pássaros 
Um verdadeiro ícone do cinema de suspense, referência obrigatória no gênero, Os Pássaros é um dos filmes mais envolventes e aterrorizantes de todos os tempos. Sem aparente explicação lógica, os mais variados tipos de pássaros começam a atacar mortalmente os habitantes de uma pequena cidade da Califórnia. 

alfred-hitchcock-the-masterpiece-collection

Janela Indiscreta 
No charmoso bairro de Greenwich Village, em Nova York, L.B. Jeffries [James Stewart] é um fotógrafo profissional confinado em seu apartamento após ter quebrado a perna. Procurando preencher seu tempo ocioso, ele passa a vasculhar a vida de todos os seus vizinhos através das possantes lentes de sua câmera.

Festim Diabólico [Meu filme favorito do diretor]
Brandon [John Dall] e Philip [Farley Granger] assassinam o colega de escola David Kentley [Dick Hogan] apenas para sentirem o “prazer” de praticar um assassinato e provarem que são capazes de realizar o crime perfeito. E como se não fosse o suficiente, em desafio aos amigos e à família, resolvem dar uma festa no apartamento de ambos 

O Homem que Sabia Demais 
Durante suas férias no Marrocos, o médico Ben McKenna [James Stewart] e sua família se envolvem por acidente numa trama internacional de assassinato, a partir do momento em que um homem, prestes a morrer, sussurra ao ouvido de Ben algumas palavras misteriosas. 

Cortina Rasgada 
O cientista espacial norte-americano Michael Armstrong [Paul Newman] e sua noiva Sarah [Julie Andrews] participam de uma convenção na Noruega. Tudo porém parece muito estranho: Michael está agindo de maneira misteriosa, dando a entender que ele pode vender seus importantes segredos científicos para os comunistas.

bluray-obra-prima-alfred-hitchcock-01

Frenesi 
Londres está aterrorizada com um serial killer conhecido apenas como “O Assassino da Gravata”. O principal suspeito é Richard Blaney, um homem de hábitos estranhos, mas completamente determinado a fugir e a provar sua inocência.

Marnie, Confissões de Uma Ladra 
Marnie [Tippi Hedren] é uma ladra fria e calculista. Bonita, ela atrai a simpatia e a confiança de seus empregadores, para depois roubá-los.

Topázio 
O importante militar russo Boris Kusenov (Per-Axel Arosenius) pede asilo político aos Estados Unidos, onde é entrevistado pelo agente Michael Nordstrom (John Forsythe). Boris revela ao ocidente que um agente francês conhecido como Topázio está traindo o seu país. 

Sabotador 
Durante a Segunda Guerra Mundial, Barry Kane (Robert Cummings), um operário de uma fábrica de aviões em Los Angeles, é testemunha de uma violenta explosão no local onde trabalha. 
 
O Terceiro Tiro 
Quando um cadáver aparece no meio do bosque de uma pequena cidade do interior dos EUA, seus moradores ficam inquietos. Afinal, todos aqueles que moram nessa cidade acreditam ter algo a ver com o crime. 

A Sombra de Uma Dúvida 
Charlie Oackley é um criminoso que seduz e mata viúvas. E para escapar da polícia, faz uma visita à sua irmã Emma, que vive com seu marido e sua filha Charlie. Com a convivência, sua sobrinha – Charlie – começa cada vez mais a desconfiar de que seu tio não seja realmente a pessoa que ele diz ser.  

Trama Macabra
A falsa medium Madame Blanche (Barbara Harris) e seu namorado George (Bruce Dern) ganham a vida explorando as pessoas ingênuas que acreditam em suas profecias. Até o dia em que o inescrupuloso casal é contratado por Julia (Cathleen Nesbitt), uma viúva que deseja encontrar seu sobrinho, entregue para a adoção muitos anos atrás.

Para quem adora cinema essa é uma grande chance. Porém toda essa maravilha tem um preço, a caixa custa 499,99 reais. Um Excelente presente e um maravilhoso sonho de consumo. Para ficar mais vontade ainda de comprar a caixa, aqui vai o trailer deste sonho de consumo.

O Malditovivant volta na quinta com mais post

Sonho de Consumo – Universal Classic Monsters

A era de ouro do cinema trash.

Para comemorar o centenário do estúdio Universal, vai chegar as lojas americanas no mês que vem um box para homenagear os monstros da Universal. O Box contem nove Blu-rays dos principais filmes de terror da era de Ouro do estúdio Universal. Para quem não sabe, foi graças a esses filmes de terror [produzidos entre 1931 – 1954] que a Universal conseguiu se manter no mercado.

Por conta do contexto social da época o medo da guerra e as novas descobertas cientificas, fizeram os filmes de monstros um sucesso de bilheteria. As filas eram gigantescas para as sessões noturnas desses filmes, e a Universal foi uma pioneira nesse gênero, quando lançou Drácula [1931]  com Bela Lugosi no papel principal, por conta do enorme sucesso o estúdio resolveu no mesmo ano lançar Frankenstein com o genial Boris Karloff como o monstro, foi também esse filme que definiu a imagem do monstro, e que é repetida pela cultura pop até os dias de hoje.

Um ano depois, seria lançado A Múmia [1932] com o retorno de Boris Karloff como ator principal. Invisible Man [1933] um dos maiores sucessos de bilheteria daquele ano.  A Noiva de Frankestein [1935] o retorno de Karloff ao monstro que fez sua fama. O Lobisomen [1941] ficou famoso pela transformação de Lon Chaney que horrorizava a plateia da época, a cena do filme é usada no clipe da música: The Number of the Beast do Iron Maiden.

O fantasma da ópera [1943] foi um fracasso da época, em grande parte porque o público da época estava mudando. Mas a Universal se recuperaria em 1954 com o lançamento em 3D do Monstro da Lagoa Negra.

Poster Original

Além dos filmes contarem uma parte da história da Universal, dentro do Box ainda temos um livro de 48 páginas com os cartazes originais e informações técnicas dos filmes e dos atores.

A coleção dos monstros da Universal é um clássico que não pode faltar na sua prateleira, vamos torcer para chegar aqui no Brasil também. 

O Malditovivant volta só na quarta…

Sonho de Consumo – Marshall Fridge

Uma cerveja antes do almoço é muito bom, pra ficar pensando melhor.

Todos sabem que eu sou uma amante de uma boa bebida, pode ser um vinho, um mojito, uma caipirinha [Cachaça, por favor,], o Whiskey e claro a cerveja. Vendo esse produto inusitado resolvi colocar na minha lista de sonho de consumo. A Marshall é mundialmente famosa pelos seus amplificadores, suas caixas serviram de apoio para as maiores lendas do rock: Jimmy Hendrix, Perter Townshend [o cara do The Who], Jimmy Page entre outros.

Agora a empresa resolveu criar um objeto de fetiche para os fãs da marca e que não tocam nada além da “air guitar”, a Marshall Fridge é um frigobar no formato dos famosos amplificadores da empresa. Por fora o frigobar se disfarça bem como amplificador, sua frente é feita com peças originais da Marshall, inclusive com botões de regulagem.

Loira não inclusa, foto meramente ilustrativa!

Por dentro seu espaço foi desenhado para Longnecks e latinhas de cerveja, na propaganda oficial da empresa eles rechearam o frigobar com Budweiser [cerveja número 1 dos americanos] se fosse minha só teria cerveja verde e algumas Guinness.

Recheado com a cerveja errada

Recheado com a cerveja errada

A Marshall está vendendo essa belezinha por 299 dólares no site oficial do produto [clique aqui]. Meu aniversário está chegando [08/06] quer quiser pode me mandar um desse de presente, serei eternamente grato.

Até quarta…

Sonho de Consumo – Bike Eletrica [Mobileto]

“I want to ride my bike/I want to ride my bicycle/I want to ride it where I like” Queen – Bicycle Race.

Sempre passei minhas férias de Janeiro e Julho na Praia, era bem divertido pois o tempo demorava a passar e a diversão era constante, seja na Praia ou no prédio com meus amigos [Hoje não falo com nenhum deles]. Mesmo com a Praia, o que me dava mais prazer era andar de bicicleta pela ciclovia, fazia o passeio duas vezes por dia, bem cedinho antes de ir à praia e uma no fim da tarde.

Sempre que chegava a SP, me dava vontade de andar, mas as ladeiras e o transito acabava dificultando isso. Hoje minha bicicleta está desmontada, e nos dias de hoje dificilmente eu vou a Praia. Mas pesquisando na Internet eu encontrei uma solução para um dos problemas [as ladeiras]. Está se tornando comum aqui em SP as bicicletas elétricas, silenciosas e não poluentes, suas baterias auxiliam nas subidas e nos trechos mais longos.

Mas meu sonho de consumo não é uma bike elétrica normal, e sim uma Mobileto. Criada pela Panasonic a Bicicleta que tem previsão para chegar ao Brasil perto do fim do ano, tem design elegante e tem como publico alvo os executivos de terno. A bike que será lançada no Japão no final do mês [lá é comum o uso de Bicicletas para ir ao trabalho] pesa apenas 23kg [em média de 7 kg a menos de uma bike elétrica normal].

A elegante bicicleta vem com protetor de corrente [que evita o condutor se sujar de graxa] e saia em ambas as rodas, evitando que você se suje nas poças d’água ou lama. Seguindo as regras de trânsito a bike vem, com sistema de iluminação de LED e trava antifurto. Além de um sistema de rastreamento que ajuda o usuário a localizar a bike caso ela seja furtada.

Enquanto sua autonomia, a Bike pode percorrer até 54 km, demorando 4 horas para a carga total de sua bateria de íons de lítio.  A velocidade máxima gira em torno de 30 a 40 km.

A Mobileto ainda não tem valor definido, mas se especula que esteja por volta de 2.900 reais. Cerca de 800 reais a mais que uma Bike elétrica convencional.

Enquanto ela não chega, vou tentar montar minha velha Bike e tentar dar uma volta em MG.


Até quarta com um post novo…