Já que reclamara do Álcool, agora café (Moca Gelado!)

“Um Café pode salvar seu dia” Ferds

Na semana passada foi dia de São Patrício aposto que muita gente caiu no Irish Coffe, essa receita que vou passar [Não se acostume com isso, eu não sou a Palmirinha] é de um café mais light e ideal para uma tarde tropical.

Esse café é ideal para impressionar as visitas e mostrar que você tem um bom gosto, o Moca Gelado é um café especial preparado com Grãos Moca, que nascem perto do mar vermelho, se você for em uma cafeteria e pedir a bebida, dificilmente alguém vai te preparar a Moca Original. Em geral você compra uma adaptação do original.

Vamos a receita:

INGREDIENTES [Ideal para duas pessoas]

Aviso importante: Antes de preparar aqui vai uma regra elementar, sempre que for preparar uma bebida, use bons ingredientes, isso garante o sucesso da receita em 90% os outros 10% vem do amor.

  • 250 ml de leite [Desnatado ou de Soja].
  • 5 cubos de gelo .
  • 6 colheres de chá de café solúvel [De preferência Nescafé].
  • Açúcar a gosto.
  • 4 colheres de chá de chocolate em pó [Eu prefiro aquele dos Frades ou barra de chocolate ralada…o q der menos trabalho].
  • Canela a gosto. [Canela é sempre bom]

Moda de fazer

Separe o gelo e coloque todos os ingredientes de uma única vez no liquidificador, bata até que fique de uma cor só [ou melhor dizendo que fique homogêneo] depois disso adicione o gelo e coloque o liquidificador para pulsar, repita o processo até o gelo quebrar totalmente e a bebida ganhar um fina camada de gelo.

Se for chamar alguem, convem fazer uma apresentação assim

Anotou a dica, agora não vá tomar sozinho, chama aquela pessoa legal que você conhece e compartilhe essa maravilha.

Por conta do post não ter entrado na segunda, amanhã tem post novamente aqui no malditovivant.net

Com Frio e chateado com Pão de Açúcar..(fim do Bravíssimo)

Caramba Sr.Abílio o senhor deu mancada com a gente.

[Apesar do Post Triste tenho uma boa nova, o Blog da querida Helena Miranda voltou depois de um tempo de férias, Se não conhece o Momento Mulherzinhas ta perdendo tempo. Clique aqui]

Terça feira é minha folga, momento sagrado na minha semana, momento pra fazer a minha vontade e a de mais ninguém. Nas terças eu costumo colocar meu Chapéu Panamá, pegar o meu carro e ir tomar café às 10hs da manhã no Pão de Açúcar da Av.Washigton Luiz.

Lá é um ambiente bem agradável e divertido, ai vc vai me perguntar: Pq raios vc vai em um mercado tomar café ?

Finado Bravíssimo

Pq lá tem [tinha] um dos cafés mais deliciosos do mundo, o Café Bravíssimo, e além disso é pertinho de casa e ainda dentro do mercado posso comprar Gérberas para a minha mãe [Q na verdade não gosta de Gérberas, mas eu sim], sem contar que sempre acabo levando um vinho pra casa e ainda posso ler a Folha de São Paulo do dia sem gastar nada.

Mas nessa terça fui surpreendido, quando fui pedir o café a moça educadamente me responde: Moço não tem mais no cardápio.

Naquele momento fiquei indignado [falei a Palavra Raio!, umas 15 Vezes] e me lembrei que um leitor do blog havia comentado isso em um post sobre o café. Sim era real o Bravíssimo está extinto da rede Pão de Açúcar. Mas pq ?

Essa eu não sei responder, mas para salvar meu dia comprei as Gérberas, um pote de Nutella e voltei pra casa. Fiz então meu próprio Bravíssimo.

Segue a Receita:

Ingredientes

Uma colher [Generosa] de Nutella.

Uma Xícara de Café forte [sem Açúcar]

Modo de preparo: Coloque a colher “abarrotada” de Nutella no fundo da xícara e despeje o café sobre ela, que vai se derreter aos poucos. Sem mexer a colher, sirva.

Fazer um Bravíssimo em casa é bem simples, mas e o ambiente e as Gérberas…

Feito em casa

Faço esse post chateado com o Pão de Açúcar…vou entrar em contato com a Central de Atendimento...espero pelo menos uma explicação lógica. Se tiver uma resposta eu faço um novo post por aqui.

[Clique aqui e leia minha primeira Nota sobre o Bravíssimo]

Dry Martini para todos (Qual a real receita?)

My name is Bond…James Bond.

Uma dose de gim e cinco gotas de vermute ou duas doses de gim e uma de vermute? Limão ou azeitona? A discussão sobre a receita original do Dry Martini [o drinque mais clássico e pedido do mundo] tem a idade do próprio.

Teria sido inventado em 1910, no Hotel Knickerbocker, em Nova York, pelo barman John Martini, para atender a um pedido do magnata americano John D. Rockefeller, que desejava algo simples mas diferente.

A polêmica sobre a sua receita original é tão grande que, em uma de suas passagens pelo célebre Harry’s Bar [em Veneza] Ernest Hemingway se saiu com a seguinte tirada: “Se algum dia você vier a se perder na selva africana, nada de desespero. Sente-se sobre uma pedra e comece a preparar um Dry Martini. Eu garanto: em menos de 5 minutos vai aparecer alguém dizendo que a dosagem de gim e vermute está errada”.

Mr.Bond, já gostava de uma “variação” da bebida. Onde era preparada com Gin + Vodka + Vermouth Dry.

A receita original é bem diferente.

2 doses de dry martini

Gelo

Sal

limão

2 doses de London Gin

3 gotas de angostura

Azeitona para decorar

Preparando:

Prepare uma taça de coquetel previamente resfriada, com sumo de limão passado nas bordas e, depois, sal fino num prato raso para a necessária aderência.

Feito isto, numa coqueteleira ponha 4 pedras de gelo e 2 doses de “Dry Martini”, apenas mexendo, até sentir que o Martini sujou o gelo.

Despejo fora o Martini e acrescento 2 doses de London Gin [A marca Saphira que vem numa garrafa azul é recomendada]. Novamente revolvo o gelo já com o gosto do Martini por 20 segundos e despejo o Gin paladarizado com o Martini na taça, sem o gelo.

Acrescento um “twist” de casca de limão, três gotas de angustura e, finalmente, a famosa azeitona no palito.

Ta complicado….Faço ao estilo James Bond.

– 40 ml de Gin
– 20 ml de Vodka
– 20 ml Vermouth Dry

Em uma coqueteleira Shaker ou Mixing in glass (copo mexedor) adicione os ingredientes e mexa no mixing in glass com ajuda de uma bailarina ou agite em uma coqueteleira até gelar por 30 segundos, evitando que os ingredientes fiquem aguados. Depois, coe duplamente em uma taça Martini previamente gelada.

Ainda está complicado ?


Faça como o James Bond, vá até um bar e diga: “Um Dry Martini, batido. Não mexido”

Faça vc mesmo – Uma estante simples e elegante

Não ficou as mil maravilhas….mas ficou legal.

Já faz um tempinho que eu comecei a acumular livros [como contei no post passado], mas sempre com o problema de onde guardar. Ai meu Pai me deu a brilhante idéia de colocar bumerangs [nome dada a haste de Metal usada nas prateleiras mais simples] e com uma madeira eu faria uma organizada prateleira.

Eu e ele compramos a madeira, cortamos, lixamos e fixamos os Bumerangs na parede [coisa de Pai e Filho sabe], passou-se um tempo, meu pai nem mora mais comigo. E como um já imaginava, as prateleiras ficariam obsoletas.

Versão Saturada

Muitos livros e Dvds e pouco espaço. A um mês atrás eu estava passeando em uma dessas casas de materiais gigantes, que mais parecem Shoppings destinados aos Machos amantes de esforço físico. Neste Shopping, chamado Leroy Merlin [não sei se tem em todo o estado], eu encontrei uma solução para o meu problema.

São trilhos e hastes feitos de em Metal [com encaixe perfeito], assim vc pode ter várias prateleiras em um mesmo lugar e o melhor de tudo, vc ainda pode regular a altura das prateleiras, de tão pratico q é o sistema.

Então eu comprei 2 trilhos e 6 hastes. Depois fui até uma madeireira e comprei uma madeira já no mesmo tamanho e espessura das outras madeiras.

Cada trilho custa 7,80. [15,60]

Cada haste custa 2,50 [15,00]

A madeira me custou 3,90

Parafusos e Buchas 0,15 [0,90]


Agora veja o passo a passo pra montar as suas novas prateleiras.

1º Tire as meditas de onde vc pretende instalar sua prateleira.

2º Com uma caneta, risque os buracos onde deve ser furado, com uma Furadeira, faça o serviço [verifique se não passa cano na sua parede, não queremos uma surpresa]

3º Agora posicione o trilho na parede e com uma chave de fenda aperte os parafusos [uma dica, primeiro faço as pontas, assim todo o resto fica mais simples de parafusar]

4º Coloque as hastes nos trilhos [fica a seu critério]

5º Posicione as madeiras


Pronto sua prateleira improvisada, está pronta. No trilho cabe em média de 6 hastes por lado, mas isso pode variar com sua necessidade.

Arte Final

Um remédio contra o Frio (Café Bravíssimo)

Frio…..muito..frio

O Frio chegou de vez aqui em São Paulo [Eba!], apesar das chuvas e o congelar dos dedos, essa ainda é minha estação favorita. O Frio é bom para dormir, para ficar sem fazer nada nas cobertas ou mesmo ficar abraçadinho com alguém [se vc não tem um alguém nessa época do ano, vá para algum lugar quente].

Um dos melhores remédios para combater o frio, são as bebidas quentes não falo da 51 e sim de cafés e chás.

Pretendo trazer dicas de bebidas quentes para vc poder afugentar o frio e ainda experimentar uma bebida diferente.

Nosso primeiro café é o Bravíssimo, que é vendido no Pão de Açúcar [não sei se é servido em todos os estados do Brasil], mas pode muito bem ser facilmente reproduzido na sua casa.

Meu Segundo do dia.

Meu Segundo do dia.

O Bravíssimo é um café diferenciado, ele tem um gosto meio amargo e doce ao mesmo tempo, ele é uma espécie de “Submarino” só que invés da barra de chocolate temos uma generosa porção de Creme de Avelã Nutella, que balanceia o amargo do café com o doce do creme, fazendo a mistura perfeita.

O mais legal q depois de tomar o café ainda fica um restinho da Nutella no fundo da xícara, deixando um gostinho de quero mais.

Tem mais no fundo

Tem mais no fundo

O café tem um bom preço, 2.20, e só é vendido na rede de supermercados Pão de Açúcar [onde todo o Sábado eu paro para tomar um café e ver o jornal], mas vc pode fazer em casa também.

Modo de Preparo.

Prepare café e não adoce, em uma xícara pequena vc coloca uma colher de generosa de Nutella e depois é só acrescentar o café e seu Bravíssimo está pronto.

Sem Amor.....

Sem Amor.....