Axl Rose e Slash querem o seu dinheiro.

Se você foi adolescente na virada dos anos 80 para os 90 deve ter vivido a febre dos Guns And Roses, eu tinha 5 anos na época, mas meu irmão [alguns anos mais velho do que eu viveu esse tempo] por conta disso me lembro do estrondoso sucesso da banda.

foto-guns-n-roses

Slash e Axl dominaram essa década, November Rain e Welcome to the Jungle se tornaram hinos dos jovens e arrebatou milhões de pessoas para o mundo do Rock, mas o ego fez com que a banda acabasse, mas seus hinos e a esperança de um retorno alimentaram uma geração de fãs.

Depois de anos de espera a banda resolveu voltar.

O duelo de egos entre Slash e Axl finalmente chegou ao fim?

Pelo que está sendo desenhado não, a banda apenas entrou na onda do caça níquel. Juntou a velha turma [Slash e Izzy Stradlin, o baixista Duff McKagan e o baterista Steven Adler e claro Axl Rose] e vai sair em turnê [cada um em seu jato particular] para 21 shows ao redor dos Estados Unidos.

As maravilhosas equipes de marketing já estão se preparando para vender a turnê como o reencontro do século.

Para cada show a banda vai receber em torno de 3 Milhões de Dólares.

21 Shows ao redor dos Estados Unidos é a conta certa para o Ego de Axl Rose e Slash, dois caras que andaram sumidos no mundo do Rock. Por mais que muitos respeitem a virtuosidade de Slash, nos últimos 10 anos ele não produziu nada que fosse relevante.

Sem falar no Axl Rose que finalmente entregou para o público o tão esperado Chinese Democracy um disco fraco e que passou longe da genialidade criada pela trupe nos anos 80/90.

Sincero foi Robert Plant que por diversas vezes se recusou a voltar com o Led Zeppelin, mesmo sendo criticado pelos fãs que não entenderam a real razão para não ocorrer esse esperado retorno. Mas  para saciar a vontade dos fãs ele fez mais um show de despedida em 2007 e ficou marcado para quem viu ao vivo a última apresentação da banda.

Atitudes como essa do Guns and Roses, mostra o quanto a banda não respeita sua legião de fãs. E se os 21 shows derem certo e o caixa ainda estiver baixo, pode esperar teremos a banda no Rock and Rio.

Guns-N-Roses-Appetite-For-Destruction

Anúncios

O Fim da Locadora 2001

Eram sete lojas [Uma delas bem perto de casa] o tempo foi passando o VHS se tornou obsoleto e os DVDs se tornaram a resposta para a durabilidade que o antigo formato não oferecia, estávamos seguros.

Veio a internet de alta velocidade, agora você podia procurar filmes e baixar, a cartada final foi o serviço de “Streaming” [por mais que aqui ele seja oferecido da maneira mais porca possível]. E aquele espaço começou a se esvaziar.

A locadora 2001 começou a se tornar obsoleta.

2254897548-locadora-2001-4122535263-718x479

Você leitor pode dizer que eu sou saudosista e que é o caminho natural das coisas.

Mas quem não era usuário da locadora não sabe muito sobre aquele mundo, era muito bom chegar na locadora e ter alguém que entende de cinema para conversar sobre o filme que você quer ver, junto com isso sempre vinha uma boa indicação, não aquela indicação de vendedor, mas a indicação do fã.

Essa experiência é bem parecida com a das livrarias [Quem nunca bateu papo com uma vendedora], que a cada dia fecham suas portas, por conta do E-commerce, até o livro digital que foi por anos tido como o maior vilão do livro, viu perder as forças.

A 2001 tinha um dos maiores acervos de filmes [em uma locadora] na américa latina, você poderia encontrar uma enorme variedade, aquele espaço serviu de ajuda pra muita gente que estudava cinema.

Me lembro da primeira vez que eu fui em uma das suas lojas. Aluguei Sanjuro [1962] obra prima do Kurosawa, mas o cara que me ajudou a encontrar o filme, me disse que eu não poderia deixar de ver Throne of Blood [1957] e como os filmes estão interligados, não pelo roteiro e sim pela estética.

Infelizmente o serviço de Streaming é a atual realidade! Se ele é servido de uma maneira porca e com um acervo ilógico tudo bem. Somos acostumados a consumir dessa maneira.

Quem venha mais futuro….

Sempre mudamos [Feliz Aniversário]

A sete anos atrás fiz um post sobre meu dia. Hoje resolvi repetir a dose, mas o post serve muito mais de termômetro para perceber quem eu fui e quem eu sou.

Essas mudanças afetam o blog.

Hoje em dia, tenho muito mais rigor para os filmes que eu escolho, cada vez mais eu tenho aversão a filmes de heróis ou com muitas explosões, fujo de tudo que é exagerado. Ao mesmo passo que nem sempre escrevo sobre os filmes que assisto, por faltar um pouco de competência para executar algo que seja significante, ou porque simplesmente o tempo tirou a validade da coisa.

IMG_6538

Isso da validade é algo estranho de se pensar. O Blog em geral sempre foi feito de fora para dentro, mas as vezes tenho pensando mais de dentro para fora. Isso muda um pouco a filosofia do Blog e a razão de escrever.

Sobre a leitura, tenho diminuído os livros, estou lendo algumas coisas que não cabem nesse espaço [estou tentando me aprimorar no acadêmico] e tem sobrado pouco tempo para a literatura. Mas sempre que sobra, estou a postar algo aqui.

Roth e Camus, ainda são o meu norte no quesito literatura. Posso incluir o Nabokov nesse meio, pois em menos de dois anos eu li quase tudo dele.

IMG_5073

Com o passar do tempo, percebi minha vocação para coisas belas [e que em geral não são coisas práticas]. Hoje em dia eu planto flores, quem acompanha esse meu espaço, percebe que eu sempre postava alguma flor ou algo do tipo, isso continua na minha vida. Na janela tenho algumas rosas plantadas, gosto muito delas, pretendo fazer um post sobre [mas isso fica pra um dia].

Apesar de escrever no turmadocafé, minha praia sempre foi o chá. Gosto de espresso, mas o chá ainda é mais importante na minha vida. Posso ser um herege, mas vejo muito mais mistério e história em uma xícara de chá do que no café.

IMG_5337

Depois de anos voltei com o Tennis, não quero ser profissional. Apenas quero me divertir com ele. Gosto de estar na quadra, me sinto muito bem.

Ainda tenho vontade de conhecer coisas novas e lugares novos, acho a estrada o melhor remédio para uma dúzia de problemas. Escrever também ajuda, por isso eu estou aqui.

Eu tinha planejado estar assim, mas algo deu errado no meio do caminho, uma hora ou outra eu chego lá

Eu tinha planejado estar assim, mas algo deu errado no meio do caminho, uma hora ou outra eu chego lá

Todas as mudanças foram importantes, mas o que mais mudou é que agora eu tenho com quem aproveitar toda essa caminhada e as próximas que estão por vir.

O último Post do Ano [#1.084]

“Precisamos decidir como podemos ser valiosos, em vez de pensar em quão valiosos somos.” Scott Fitzgerald

hobbes_200_225

Mais um final de ano do Malditovivant, a cada ano que se vai, eu penso o quando ainda sou relevante. Engraçado pensar isso. Esse ano deixei de postar por conta disso, mas nesse saldo de fim ano comecei a lembrar a razão do blog existir.

Mas isso fica para um post futuro.

Quero desejar a todos um feliz ano Novo, por mais simbólico que seja essa data. Seja feliz, se quiser alguma coisa, corra atrás dela, se quiser desistir, desista. Não perca tempo com bobagens ou pessoas que não querem o seu bem.

Não tenho medo de dizer NÃO!

Dance, cante, fale besteiras. Não se leve tão a sério. Esqueça um pouco de tudo a sua volta, se permita tirar um tempo para você.

Mesmo assim o Haroldo te ama!

Mesmo assim o Haroldo te ama!

Se estiver em busca de um amor, procure alguém que te trate bem, alguém que te faça rir. Alguém que você ame conversar [dos dilemas do mundo a assuntos banais do dia a dia].

Haroldo Dança de Felicidade! Um Novo Ano está chegando

Haroldo Dança de Felicidade! Um Novo Ano está chegando

E pra fechar o post quero deixar um pensando do grande Ernest Hemingway. A frase é usada para inspirar novos escritores, mas podemos transformar ela para o nosso dia a dia:

O conselho mais sólido para um escritor é isso, eu penso: Tente aprender a respirar profundamente, realmente para e saborear a comida quando você come, e quando for dormir realmente deite para dormir. Tente o máximo possível ser realmente vivo com toda a sua força, e quando você rir, ria como o inferno. E quando você ficar com raiva, ficar bom e com raiva. Tente ser vivo. Você estará morto em breve.

O original em Inglês:

The most solid advice for a writer is this, I think: Try to learn to breathe deeply, really to taste food when you eat, and when you sleep really to sleep. Try as much as possible to be wholly alive with all your might, and when you laugh, laugh like hell. And when you get angry, get good and angry. Try to be alive. You will be dead soon enough.

 

Agora quando o Blog volta?

Ele volta em 2015 no dia 12 de Janeiro.

 O mundo é uma folha em branco e precisamos pintar o nosso futuro

O mundo é uma folha em branco e precisamos pintar o nosso futuro

Um muito obrigado a todos os leitores…

Então é Natal, o que você fez?

Dezembro, último mês desse ano. De longe a minha época favorita, não falo isso por conta dos presentes, mas sim pela magia que a data evoca [e pelas cerejas]. Mesmo que ainda seja uma data bem comercial, o Natal ainda guarda um pouco da sua magia.

5454

Temos as casas e ruas enfeitadas e tudo mais. Pessoas pensando nos presentes para os mais próximos tem o amigo secreto da empresa, que é uma chance de conhecer melhor uma pessoa que faz parte do seu dia a dia, mas a correria impede que os laços se estreitem.

Ainda tem o encontro com a família, uma das partes mais chatas pra mim, não gosto muito de ficar correndo com parente. Gosto de ficar tranquilo.

Vejo o mês de Dezembro como um mês importante para a reflexão, colocar na balança tudo de bom que aconteceu, ou o que de ruim aconteceu. Se puder faça um exercício simples:

Escreva uma carta para você mesmo, falando um pouco sobre o seu ano, as coisas que você almejou e conseguiu, a coisas que não conseguiu, escreva também sobre como você se sentiu [a parte mais importante] e como você está se sentido em relação as pessoas a sua volta. Depois de escrever, ou entregue a um amigo de confiança ou esqueça em algum lugar [Como um livro ou uma caixa em que só você conheça] depois nessa mesma data do ano, abra essa carta.

letter

Perceba como você mudou. E como coisas que eram de extrema urgência viraram mera banalidade. O ser humano é isso, uma complexa máquina que sempre está em constante metamorfose.

O post termina…mas o malditovivant volta na quarta e que venha o Natal.