Ouvindo no Ipod (Trilogia do Amor – Fase Vermelha) #7

“O amor é fogo que arde sem se ver” Luíz Vaz de Camões.

No último Ipod Burn vc brindou a descoberta do amor na fase rosa, agora na fase vermelha, vc começa a descobrir as mazelas desse feitiço que faz vc perder a razão. Deixa de ser a pessoa que sempre foi para se tornar um escravo da paixão ou pior, um Vampiro, excluíndo a vontade e sugando todas as energias da outra pessoa.

O amor Vampiro de Munch

Cuidado o amor pode te pegar…ou como diria Nando Reis: “O Amor pode estar do seu lado” [cuidado!].

5º Creedence – I Put Speel On You [I put a spell on you/Because you’re mine./You better stop/The things that you’re doing./I said “Watch out!/I aingt lying, yeah!/I aingt gonna take none of your/Fooling around;]

O sentimento de posse, o ser humano tem o costume de tomar para si as coisas, isso já começa na infância quando já de pequenos colocamos nome em todos os materiais. No amor as vezes [quase sempre] isso acontece, achamos q somos donos da outra pessoa e queremos ela só pra gente. E como dizem os primeiros versos dessa canção maravilhosa do Creedence: Eu joguei um feitiço em vc, pq vc é minha.

 

 

4º Aerosmith – Falling in love is hard on the knees [There ain’t gonna be no more beggin’ you please/You know what I want/And it ain’t one of these/You’re bad to the bone/And your girlfriend agrees/That falling in love is so hard on the knees]

Sim o amor acaba com seus joelhos, estou me referindo a servidão, quem nunca teve um amor mandão [ou mandona], nos como apaixonados perdemos a vontade e nos tornamos escravos de outra pessoa. Em geral as mandonas, são pessoas que tiveram azar em outros relacionamentos, como a garota dessa música e por isso seu novo parceiro sofre.


3º Regina Spektor – Buildings [He was a husband who drove his wife home drunk from the parties/He was a husband who drove his wife home/And in the car he would gently lean her head on the side door window/And in the bathroom he would hold her hair back and hope, saying]

Regina Spektor canta sobre a rotina, sobre os dias e noites difíceis que temos a dois, os excessos da outra pessoa, vc está pronta para limpar isso e fazer de conta q nada aconteceu na noite passada ?


2º Amy Winehouse – Love is a Losing Game [For you I was a flame/Love is a losing game/Five story fire as you came/Love is a losing game /Why do I wish I never played/Oh, what a mess we made/And now the final frame/Love is a losing game]

Ter sorte no amor é mais complicado que ter sorte em uma mão de Poker,  Os dias passam o amor cresce o amor diminui vc começa a conhecer realmente a pessoa, as palavras que antes eram lindas se tornam besteiras. Sim o Amor é um Jogo de Azar.


1º Nazareth – Love Hurt [Love hurts, love scars, love wounds’ and most/Any heart not tough or strong enough/To take a lot of pain, take a lot of pain/Love is like a cloud, it holds a lot of rain/Love hurts, oh, oh love hurts]

No final de tudo vc chega a mais uma conclusão, o Amor Doi…

Clique e baixe a Segunda fase da Trilogia do Amor – Fase Vermelha, e semana que vem, mais IPOD Burn com a fase final da trilogia.


Anúncios

Ouvindo no Ipod (Trilogia do Amor – Fase Rosa) #6

Eu voltei agora pra ficar, pq aqui é o meu lugar.

Os posts da série Ouvindo no Ipod [IpodBurn], são os mais antigos do Blog, andou meio parado, pq é um post que demanda tempo pra ser feito, preciso combinar e ainda baixar as músicas.

Dessa vez o IpodBurn vai servir de guia para explicar a todos a trilogia do amor, então toda a quinta até o final deste mês teremos um IpodBurn especial.

A Trilogia do Amor – Fase Rosa.

Vc já se apaixonou? Se sim, vai saber do que eu estou falando. A fase rosa é o começo, tudo que ela (ele) diz é lindo. A pessoa não tem defeito e vc faz tudo por ela. Vai para os lugares mais improváveis e apesar de fazer coisas que não gosta, se sente no céu.

5º Lou Reed –  Perfect day [Just a perfect day/drink sangria in the park/And then later when it gets dark/we go home]

Lou Reed escreveu sobre dias e noites perfeitas, onde estar ao lado do seu amor te completa, mas mesmo que vc esteja em um lugar chato a presença dela te deixa leve e te manda para outra dimensão, a dimensão do amor.


4ºJane Monhet – Cheek to Cheek [I’m in heaven/And my heart beats so that I can hardly speak/And I seem to find the happiness I seek/When we’re out together dancing cheek to cheek]

Essa música fala do sentimento do primeiro encontro, logo que vc volta pra casa se sente sem ar, e a vontade de rever a pessoa amada já lhe bate no primeiro minuto que vc fica longe dela.[Sim vc está apaixonado]


3º Elvis – Love me Tender [Love me tender,/Love me true,/All my dreams fulfilled./For my darlin’ i love you,/And i always will.]

Pronto a paixão tomou conta de vc, o vírus está encubado. Primeiros sintomas são as juras de amor. Love me Tender é quase um soneto de fidelidade [quem nunca recitou esse poema para o seu amor] do Elvis. Ele jura amor eterno e agradece por ela existir.


2˚ The Who – Magic Bus [Every day I get in the queue/To get on the bus that takes me to you/I’m so nervous, I just sit and smile/You house is only another mile]

Vc não mede mais esforços para sair com ela, vc percorre distâncias gigantescas e nunca se cansa, a paixão é seu combustível. A paixão é tão grande que vc pensa em comprar um Ônibus, ainda mais se ele for mágico.

 

corra atrás do amor

1º The Cure – Just Like Heaven [“The one that makes me scream,” she said/”The one that makes me laugh,” she said/And threw her arms around my neck/Show me how you do it/And I promise you, I promise that/I’ll run away with you]

Se sentir no Paraíso é o que o amor faz com vc, essa é a letra mais bonita da banda gótica The Cure. Ela fala do momento que seu amor te surpreende e te diz “Eu te Amo”. Então tudo está bem.


Agora baixe[Clique aqui e baixe] essa Lista e vai curtindo a Fase Rosa do Amor, pq cedo ou tarde ela acaba. Então aproveite enquanto durar. Ou até a próxima Quinta.

Ouvindo no IPOD (3 é D+) #5

O três (3) é o número natural que segue o dois e precede o quatro. Wikipédia


Faz tempo que o post, Ouvindo no IPOD [IpodBurn] não entra no ar, e agora ele voltou. O IpodBurn desta vez, vem com o tema 3 é D+ [sentindo positivo da frase].

Para se ter uma banda 3 era o número mínimo de pessoas [antes do White Stripes e diversas outros duetos ] Baixo, Guitarra e Bateria.

Essas 5 bandas deste IpodBurn estão aqui para mostrar que com apenas 3 se pode fazer um bom Rock and Roll.

melhor sem rímel

5º Green Day – Basket Case [It’s something unpredictable/but in the end it’s right/I hope you had the time of your life]
Em 1999 eu tomava conhecimento deste trio formado por Billie Joe , Mike Dirnt e Tré Cool. Este era o Green Day, a banda mudou muito de um pouco de um tempo pra cá, antigamente a levada da banda era diversão. Hj em dia a banda está mais política e também com mais Rímel.

Mas esse primeiro e bom Power Trio vale ser recordado pela bela canção Good Ridance que posteriormente seria mais conhecida como Time Of your Live, uma canção bem tocada e sem compromisso com nada.

Num era só o Cobain ?

4ºNirvana – Lithium [I’m so happy/’Cause today I’ve found my friends/
They’re in my head/I’m so ugly but that’s okay/’Cause so are you, we broke our mirrors/Sunday morning is everyday/For all I care and I’m not scared
Light my candles in a daze/’Cause I’ve found God]

Os anos 90 foram marcados pelo NIRVANA, me lembro muito bem que toda a festa do colégio em que podíamos nos vestir como civis [qualquer coisa diferente q o uniforme] sempre tinha alguém com a camisa do Nirvana [Normalmente a do Smile Triste]. Mas poucos naquela época [ou até hj] sabiam [ou sabem] que o Nirvana é um PowerTrio.

Sim o Nirvana não é só o Kurt Cobain e o David Grohl [figura q só foi lembrada pelo sucesso do Foo Fighters] havia um baixista [muito habilidoso] chamado Krist Novoselic.

Camisa mais usada da Primavera no Colégio

Lithium é a minha canção favorita da banda.

+ Talento - Ego = Cabelos Toscos...

3ºRush – Working Man [I get up at seven, yeah,/And I go to work at nine./I got no time for livin’,/Yes, I’m workin’ all the time./It seems to me/I could live my life/A lot better than I think I am./I guess that’s why they call me,/They call me the working man.]

Rush ocupa a 3ª Posição não por acaso, a banda progressiva é tida pelos especialistas em música, como a banda mais perfeita do mundo do Rock.  Não é por menos a banda é formada pelo baixista, tecladista e vocalista Geddy Lee, guitarrista Alex Lifeson, e o baterista Neil Peart [O maior baterista vivo de todos os tempos].

Neil Peart é tão bom, que não pode mais entrar na lista de prêmios para Baterista. E Working Man é a celebração da genialidade do Power Trio.

Velhotes com muito Gás!!!

2ºThe Police – Don`t stand so close to me [Young teacher the subject
Of schoolgirl fantasy/She wants him so badly/Knows what she wants to be
Inside her there’s longing/This girl’s an open page/Book marking – she’s so close now/This girl is half his age]
Se tivemos o melhor dos anos 90 na quarta posição, para a segunda trazemos a melhor Banda dos anos 80 The Police, formada pelo baixista e vocalista Sting, o guitarrista Andy Summers e o baterista Stewart Copeland.

Police durou apenas 5 anos, mas o tempo que durou fez a diferença no cenário musical. Vcs já repararam que a música Don’t stand so close to me é a minha favorita.

Concorde comigo, aquele solo é ou não é inebriante?

+ Ego + Talento + Ácido = Superbanda

1ºThe Cream – I feel free [Feel when I dance with you/We move like the sea./You, you’re all I want to know./I feel free, I feel free, I feel free.]

Cream, formada pelo guitarrista Eric Clapton, pelo baixista Jack Bruce e pelo baterista Ginger Baker. A banda era tão boa que não era denominada PowerTrio e sim SuperGrupo. Para vc ser considerado um Supergrupo, seus integrantes já deveriam ter sucesso antes de formar o grupo [ou em carreira solo ou em outra banda].

Apesar de toda a genialidade, o grupo só durou 3 anos. O Ego e a Genialidade [+oÁcido] são amantes naturais. Mesmo assim a banda criou 4 excelentes discos.

Aproveite o poder do 3 e baixe este IPOD Burn [Clicando Aqui]

Ouvindo no IPOD (Volta as Aulas) #4

Volte para as aulas com muito rock and roll.

Férias, nada melhor do q as férias. Só que um dia ela acaba, e vc tem que voltar a escola, ela é a sua segunda casa se vc ainda não trabalha, para quem trabalha muito a escola é a terceira casa.

Se vc parou de estudar, sempre vale relembrar os tempos de acordar cedinho, ver sua professora chata de biologia [a minha tinha cavanhaque] ou sua professora gata de literatura [a minha era gata mesmo]. Bagunçar na hora do intervalo e programar o fim de semana.

Apesar de terem sido tempos difíceis, uma equação de matemática é bem mais fácil de se resolver do que os problemas com a sua conta bancária.


5º Junk – Vamo é comemorá [ Mas que saco é levantar cedo/Vem o mau humor o dia inteiro/Sorte que a moçada tá unida/Se junta no recreio…Puta sono!/Ouvindo Ozzy ainda me lembro/De falar palavrão o dia inteiro/Passar a mão na bunda da menina/E xingar o porteiro]

Essa música embalou o meu 3º colegial, a banda não é muito conhecida, lançou apenas um CD e depois sumiu do mapa [quem tiver notícias da banda se apresente]. Mas este som traduz as angustia da saída do colégio, o fim da rotina simples e diária, apesar de tudo tenho uma certa saudade do colegial, foi uma época divertida.

acordar cedo...dormir na sala

4º Rod Stewart – Maggie May[Wake up Maggie I think I got something to say to you / It’s late September and I really should be back at school/ I know I keep you amused but I feel I’m being used/ Oh Maggie I couldn’t have tried any more / You led me away from home just to save you from being alone / You stole my heart and that’s what really hurts]


Essa canção é linda, ela fala sobre aquele amor do verão. Sabe aquele, q dizem q não sobe a serra, q o avião nunca chega. É sobre este amor, só que vc não pode ficar com a pessoa, vc tem q voltar pro seu cotidiano, voltar as aulas. E além de tudo a pessoa é bem mais velha que vc, parece mais um conto de amor impossível. [Todo mundo já teve sua Maggie May].

amor + sol + fim do verão = Paixão

3º Pink Floyd – Another Brick in The Wall, part2 [We don’t need no education/We don’t need no thought control/No dark sarcasm in the classroom/Teachers leave them kids alone]

The Wall é considerada a Magnum Opus desta banda[não concordo sou mais The Dark side Of The Moon], essa parte da canção, [nem todos sabem que ela é dividida em 3 partes] a q mais toca na rádio conta um pouco da opressão dos alunos na mãos dos professores. Então ele repete: Vc [professor] é apenas mais um tijolo no muro, muro esse que pode ser representado pela barreira q a sociedade coloca nas pessoas. Tanto da liberdade como na criatividade.

Hey Teacher Leave the kids alone

Atire o primeiro tijolo que nunca foi podado por um Professor….

2º The Police – Don´t  Stand  so close to me [Young teacher the subject/ Of schoolgirl fantasy/She wants him so badly/Knows what she wants to be / Inside her there’s longing / This girl’s an open page / Book marking – she’s so close now /This girl is half his age ]

Police é meu power trio favorito, quando eles estiveram no Brasil eu não pude ver. Perdi um puta show, o Sting canta e toca muito, não só o Sting, mas a banda inteira.

A música Don´t Stand So close to me, conta a história do caso clássico do amor platônico entre aluno e professora. Todo mundo  já sofreu com isso alguma vez.  Os professores são modelos de conduta e com isso acabamos sofrendo deste mal. Normalmente isso acontece com as garotas, nós apenas sentimos atração física pela professora. [Eu adorava minha professora de literatura, será por isso q eu gosto tanto de ler]

Hot Teacher

1º Ramones – Rock’n’Roll High School [Well I don’t care about history/ Rock, rock, rock’n’roll high school / ‘Cause that’s not where I wanna be/ Rock, rock, rock’n’roll high school / I just wanna have some kicks/I just wanna get some chicks / Rock, rock, rock, rock, rock’n’roll high school]

Pra finalizar bem rapidinho, Ramones. Nesta canção ligeira q mostra como curtir os dias na escola. Esqueça a Historia só se preocupe com o Rock And roll. Se uma garota der um fora em vc, vc ainda tem o Rock and Roll.



[Clique aqui para baixar a seleção]

Aproveite então a volta as aulas...eu fique no saudosismo e se lembre dos bons e velhos tempos, onde sua preocupação era a decorar o ciclo de Krebs…e não se preocupar com o relatório mensal ou se seu chefe vai acordar de mal humor.

Ouvindo no IPOD (Canções de Crooners) #3

“Eu sou suposto ter um Ph.D. sobre o tema da mulher. Mas a verdade é que eu sou freqüentemente reprovado. Eu sou um apreciador de mulheres, eu admiro-as. Mas, como todos os homens, eu não as entendo. Frank Sinatra


[Espero que o Natal tenha sido bom para todos….esta semana trabalhamos normal, só paramos na véspera de ano novo]


Nos anos 30 a industria de americana criou um estilo diferente de cantores, esse estilo é o Crooner[baseado em uma técnica de canto], onde um cantor interpreta sucessos da cultura americana. Normalmente esses Crooners eram apenas cantores que eram acompanhados por uma banda [a banda geralmente era a da casa onde acontecia o show].

Os Crooners nem sempre compunham suas canções, sua real habilidade vinha de fazer a melhor interpretação possível da canção, tanto que certas canções [como Fly Me to The Moon] era interpretada por diversos artistas, mas escrita por Bart Howard, mas o sucesso desta canção se deu na voz de Sinatra.

Os Crooners por seu glamour estavam ligados diretamente com o cinema, como Dean Martin que além de Crooner era ator de cinema, geralmente eles emprestavam suas vozes e seu charme para os musicais que invadiram o cinema nos anos 40.

As canções geralmente são ligadas a esse mundo da boemia e da tristeza do amor. Hj em dia esse “estilo”, está um pouco aposentado, mas temos uma nova geração de Crooners, como Jane Monheit um das maiores interpretes desta nova geração.

Então prepare seu Drink [leia como preparar um Dry Martini] e curta o último IPOD BURN do ano.

5º Amy Winehouse – Wake Up Alone [He gets fierce in my dreams
Seizing my guts /He floats me with dread/Soaked to the soul/He swims in my eyes by the bed/Pour myself over him/Moon spilling in/And I wake up alone]

A senhorita Winehouse, não é necessariamente uma Crooner, mas ela tem todo o glamour e estilo baseado neles , tanto q seu estilo de canto é tido como clássico e Amy é influenciada por este estilo, tanto que seu primeiro disco [Frank] é uma homenagem a Sinatra.

A tristeza e o acompanhamento da música é totalmente o estilo dos Crooners, fazendo assim essa canção entrar para a lista. Essa que pra mim é a música mais bonita da Senhorita Winehouse.

Ainda na boa fase

4º Jane Monheit – Cheek to Cheek [Heaven/I’m in heaven/And my heart beats so that I can hardly speak/And I seem to find that happiness I seek/When we’re out together swinging cheek to cheek]
Jane é uma das novas promessas deste estilo, em sua carreira já lançou 9 discos, um deles com a participação especial do Brasileiro Ivan Lins ao piano e fazendo um pequeno Dueto com ela. Aqui no Brasil ela é bem famosa graças a esse dueto.

Jane tem todo a postura e o Glamour necessário para ser uma Crooner, aqui eu trouxe uma interpretação da música Cheek To Cheek, uma canção de amor composta por Irving Berlin e que alcançou fama também na voz de Sinatra.

Leia mais sobre Jane [Clique aqui]

Como é linda

3º Dean Martin – Everybody loves somebody [Everybody loves somebody sometime/ Everybody falls in love somehow/Something in your kiss just told me/My sometime is now]

Dean Martin foi um dos mais influentes personalidades de Hollywood, estrelou filmes no cinema, séries de TV e vivia a se apresentar em bares e cassinos. Pertencente ao RAT PACK [Clubinho criado por Sinatra]. Dean era famoso com as mulheres, por ter uma bela voz e estar sempre impecável com seu terno.

Dean Martin, tem 3 estrelas na calçada da fama [é difícil ter uma, imagine três] Dean quando se apresentava chegava até a ofuscar o brilho de Sinatra.

Ele ofuscou Sinatra

2º Frank Sinatra – Fly me to the moon (In other Words) [Fly me to the moon and /Let me play amoung the stars/Let me see what spring is like On jupiter and mars]

Sinatra fundou o RAT PACK, um clube formado pelos melhores interpretes da época, com isso estrelou o filme, Ocean Eleven. Além deste filme Sinatra participou de mais de 50 na sua era, tida como a era de ouro do cinema.

Sinatra era o melhor na arte de Crooner, vivia a encantar o publico e com isso arrebatou o coração de Ava Gardner e Lauren Bacal, as mulheres mais bonitas e glamurosa de sua época.

Sinatra é o expoente deste estilo, por seu comportamento e a vida q levou. Quando faleceu sua lápide levou a inscriçãoThe Best Is Yet To Come [O melhor ainda está por vir].


1º Tony Bennett – Steppin Out With My babe [Steppin’ out with my baby/Can’t go wrong ’cause I’m in right/It’s for sure, not for maybe/That I’m all dressed up tonight/Steppin’ out with my honey/Can’t be bad to feel so good/Never felt quite so sunny/And I keep on knockin’ wood]

Tony Bennett atingiu seus 83 anos e ainda continua na estrada, neste ano fez um show que lotou dois dias a casa em São Paulo. E repetiu a dose ainda no Rio. Sua voz é inigualável, ele está em primeiro lugar, pq Sinatra chegou a dizer: “que se existe um grande interprete, que canta com a alma, este é Tony Bennett”

Recentemente Bennett foi agraciado com um Grammy pela sua apresentação da canção acima junto com Christina Aguilera [outra grande cantora] do seu disco Duets, onde faz dueto com a esta nova geração de cantores de música POP.

Ainda em atividade

[Clique aqui e baixe os melhores Crooners]