A noite do Sabbath

black-sabbath-the-end-final-tour-2016-presale-code-500x333

Faz anos que eu espero a chance de ver o Black Sabbath ao vivo, perdi essa chance algumas vezes. Mas agora a situação era mais preocupante, seria a última turnê de uma das maiores bandas de rock da história. Uma banda que soube misturar a temática dos filmes de terror dos anos 60 com acordes de guitarra poderosos.

Ver Ozzy, Tony Iommi e Geezer Butler juntos era um sonho da minha adolescência [hoje com 31] é me reencontrar com um Fernando diferente e com sonhos totalmente diferentes de anos atrás.

rs-208266-gettyimages-481801891

Para coroar esse momento, a chuva apareceu e assim Ozzy começou sua última jornada em terras Brasileiras com a magnífica Black Sabbath. Uma música que começa com um ritmo lento e termina de maneira apoteótica com os solos de Iommi e com versos que lembram uma história de filme de terror.

Is it the end, my friend?
Satan’s coming ‘round the bend
people running ‘cause they’re scared
The people better go and beware!
No, no, please, no!

Depois disso a chuva não deu mais trégua. Logo depois a banda emendou Faires Wear Boots, confesso que não é minha canção favorita, mas logo em seguida veio After Forever, uma não tão conhecida do grande público, mas uma das minhas favoritas.

Into the Void veio em seguida, bem mais pesada e rápida, e o público pode ver que a banda ainda tem força para continuar pelo menos por mais uma década.

O público estava incendiário também. Seguindo todas as ordens de Ozzy, mostrando sua habilidade de conduzir o público.

Logo depois de Snowblind, ouvimos as sirenes que anunciavam a chegada de War Pigs, canção que eu havia deixado de lado [tocava na rádio eu mudava de estação]. Sempre achei War Pigs uma música chata e com um ritmo lento e muito igual a muitas coisas que já havia ouvido.

Mas na noite de ontem foi minha vez de fazer as pazes com War Pigs. E relembrar como sua letra é forte.

Now in darkness, world stops turning
Ashes where their bodies burning
No more war pigs of the power
Hand of God has stuck the hour
Day of judgement, God is calling
On their knees, the war pigs crawling
Begging mercy for their sins
Satan, laughing, spreads his wings
Oh, Lord, yeah!

E quando eu achei que não poderia melhorar em seguida Ozzy chamou uma outra canção pouco conhecida, mas que também faz parte da minhas favoritas Behind the Wall of Sleep. E mais Sabbath com N.I.B.

57147ad5-black-sabbath-kick-off-australian-leg-of-the-end-tour-in-perth-fan-filmed-video-posted-image

N.I.B era a música que eu esperava ouvir, e por mim o show poderia ter acabado naquele momento. O baixo entrou com tudo e mostrou a competência de Gezzer e então Ozzy começou a dar as cartas e mostrando a razão do seu apelido de Príncipe das trevas, quando todo mundo cantou:

Look into my eyes, you’ll see who I am
My name is Lucifer, please, take my hand

Follow me now, and you will not regret
Leaving the life you led before we met
You are the first to have this love of mine
Forever with me ‘till the end of time.

A banda tocou mais alguns hits e finalizou com Children on the grave, com uma explosão de guitarra e baterias, e um Ozzy em boa forma. E de bis tivemos Paranoid.

O que anunciou o fim da turnê de uma das grandes bandas do Rock. E pior ainda está por vir, a banda realmente acabou. Quem sabe teremos a chance de ver o Ozzy por aqui, mas esse trio lendário, nunca mais.

Hoje dia 05 de dezembro, um dia após o Show posso dizer que comecei meu ano muito bem com os Rolling Stones e fechei de uma maneira espetacular com o Sabbath, dificilmente o ano de 2016 será batido.

Voltamos na quarta.

Anúncios

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s