The Neon Demon uma alegoria ao mundo da moda [Demônio Neon]

Beauty isn’t everything. It’s the only thing

[A beleza não é tudo. É a única coisa]

Estreou ontem o mais novo filme do dinamarquês Nicolas Winding Refn, tive a sorte de ver o filme semanas antes da estreia [e ontem também]. Demônio de Neon não é um filme fácil, isso fica ainda mais claro quando vemos que a crítica de Refn não é mais dirigida ao status quo americano e sim ao mundo da moda, o mundo do efêmero.

neon

Para isso Refn cria imagens que a todo momento deve ser decodificada pelo espectador para que ele veja a real crítica por de trás de tantas imagens bonitas [e chocantes]. Ele as cria a todo momento [com cores, luzes, espelhos e muito mais], com uma estética de vídeo clip, que por vezes parece cansativa.

E como a crítica é voltada ao mundo da moda, ele usa dos editoriais para brinca com público.

Cada cena pensada milimetricamente é um pouco disso [assim como os editoriais de moda], como na cena em que Jesse chega em casa após uma festa deita na cama, seu corpo sai de cena e seu pé fica girando o salto, por diversas vezes já vimos isso em revistas de moda.

the-neon-demon-2016-1

Outra cena que merece um grande destaque é do fotografo Jeff [o impassível Desmond Harrington] ele é um mago do mundo da moda ao pintar o corpo de Jesse para a sessão de fotos, com isso ela se torna a sensação do mundo da moda ao mesmo tempo que sua personalidade muda. No mundo real, muito do sucesso de uma modelo está por de trás do seu primeiro fotografo.

Já vimos isso na Vogue?

Já vimos isso na Vogue?

Sinopse: Jesse [Elle Fanning] tenta o sucesso da moda na cidade grande, mas percebe que a caminhada não é tão simples, mas as coisas começam a acontecer para ela, e a estranha da cidade pequena se torna em pouco a mais desejada do mundo da moda. No meio disso ela se vê presa em uma espiral de inveja e cobiça. Jesse conhece pessoas estranhas no meio do caminho, a maquiadora Ruby [Jena Malone] e duas modelos em caminhos opostos a decadente Sarah [Abbey Lee modelo de verdade] e a montada Gigi [Bella Heathcot].

35ebef9854a6a32dde274fd067a11ebe

Refn cria um mundo obscuro com personagens sórdidos como Hank [Keanu Reeves em uma bela participação especial] um dono de Hotel que não tem escrúpulos e mostra o lado mais cruel da cidade, esquecendo o Glamour que ela oferece.  E também o excêntrico Roberto Sarno [Alessandro Nivola] que vive rodeado de modelos, mas só as usa como alegoria da beleza, ele tem um dos melhore diálogos do filme também:

Roberto Sarno: A verdadeira beleza é a moeda mais elevada que temos. Sem ele, ela não seria nada.

Dean: Eu acho que você está errado.

Roberto Sarno: Desculpe-me?

Dean: Eu disse, eu acho que você está errado.

Roberto Sarno: Então você vai me dizer que é o que está dentro que conta?

Dean: Sim, isso é exatamente o que eu penso.

Roberto Sarno: Bem, eu acho, que se ela não fosse bonita … você não teria sequer a teria visto.

tumblr_o7spjdu7t71vslvbjo1_1280

Eu assisti ao filme duas vezes e gostei bastante, Demonio de Neon não é um filme fácil, ao mesmo tempo que está longe de ser uma obra prima, mas ainda assim é um filme que merece ser visto, por toda a beleza envolvida.

neon-demon-main

Voltamos na segunda!

Anúncios

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s