Uma investigação real em Spotlight

No final de semana eu fui ao cinema assistir Spotlight [aqui lançando como Spotligh: Segredos Revelados], o filme segue a redação especial do jornal The Boston Globe: o Spotlight [Holofote em tradição direta] que trabalharam no famoso caso dos Padres de Boston. Durante quase um ano eles descobriram 90 padres envolvidos em caso de Pedofilia.

spotlight-one-sheet

A influência da igreja na cidade de Boston ainda é muito forte, ainda mais nos bairros mais pobres, que precisam da força da comunidade da igreja para se manter unida. Vendo a fragilidade e a origem humilde das pessoas os padres exploraram essa fraqueza para cometerem diversas atrocidades.

Os crimes em sua grade maioria eram descobertos, mas acobertados pelo poderoso Cardeal Bernard Law [que acabou deixando o cargo anos depois da descoberta do escândalo].

Como vocês perceberam o filme fala de um caso real.

A direção do filme fica por conta de Tom McCarthy, em seu primeiro trabalho relevante como diretor, mas o diretor também assina o roteiro junto com Josh Singer. O time de atores é formado por Robby Robinson [Michael Keaton], os repórteres Mike Rezendes [Mark Ruffalo em outra atuação fantástica], Sasha Pfeiffer [Rachel McAdams] e Matt Carroll [Brian d’Arcy James].

Spotlight-Image

Além da equipe do Spotlight dois atores se destacam [apesar de aparecerem pouco na tela] Liev Schreiber que faz o papel do Judeu Marty Baron que se apresenta como o novo diretor do jornal The Boston Globe e Stanley Tucci como o advogado Armênio Mitchell Garabedian.

Esses dois estrangeiros tiveram uma visão diferente do que estava acontecendo na cidade. Eles impulsionaram a investigação. Isso mostra uma das facetas da cidade, que apesar de ser uma cidade grande, seus laços são parecidos com o de uma cidade pequena.

Entre os acertos do diretor foi o de não romantizar nenhum dos personagens, pois na realidade eles não eram heróis, mas sim, homens que estavam fazendo o seu trabalho da melhor maneira possível.

file_611849_spotlight-trailer

Spotlight é uma das apostas do Oscar desse ano, e já recebeu o prêmio como o melhor filme 2015 pela Crítica Americana. E  também concorre a três globos de Ouro.

spotlight5

O Filme merece ser visto, ainda mais em tempos como o de hoje, onde o jornalismo investigativo foi varrido para debaixo do tapete dos principais jornais do mundo. O filme é uma excelente pedida para quem pretende ingressar no jornalismo.

Anúncios

4 comentários em “Uma investigação real em Spotlight

  1. Erika disse:

    Está na minha lista! Só está me faltando tempo, uff!

  2. Vickawaii disse:

    Assisti ainda hoje! Achei bem inspirador em relação ao jornalismo e o filme foi bem desenvolvido, mas pela sua crítica ele parece ser mais bacana do que realmente é rsrs

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s