Olhos da Justiça

Estréia nesta quinta nos cinemas brasileiros, a refilmagem do clássico Argentino: O Segredo dos seus Olhos [2009], essa nova versão vem com o nome de Olhos da Justiça e tem como produtor executivo o diretor do longa original, Juan José Campanella.

Quem fica a cargo da direção desta nova versão é o Bill Ray, famoso por roteirizar o primeiro filme da saga Jogos Vorazes. Como diretor sua experiência é muito pequena, tendo apenas outros dois filmes em seu currículo.

CinePOP-2-750x380

Nesta nova versão temos um triangulo central, o amor perdido e a obsessão para desvendar um crime que liga os três personagens.

O talentoso Chiwetel Ejiofor, interpreta Ray ex-agente do FBI que volta 13 anos depois ao seu escritório para convencer a Claire [a ainda estonteante Nicole Kidman] a reabrir um antigo caso.

Este caso tem um lado pessoal. Sua ex-parceira, Jess [Julia Roberts] tem sua filha assassinada ao lado de uma mesquita que eles estavam investigando, por supostas relações com terroristas [a velha paranoia de 11 de Setembro].

Kidman continua linda

Kidman continua linda

Reabrir o caso é voltar a um passado doloroso.

Ray precisa do apoio de Claire para isso, agora ela é uma das diretoras do FBI, mas a tensão sexual entre os dois continua presente, mesmo depois de 15 anos existe a dúvida de como seria a vida se com esse romance.

Ao mesmo tempo que vemos essa paixão renascer, Ray se mostra cada vez mais obcecado com o caso. Ray tenta entregar a justiça para Jess, mas se esquece de como isso pode ser doloroso para sua ex-parceira.

stranger

Um pouco diferente do original Argentino, a ditadura dá lugar ao drama das torres Gêmeas [o Assassino da filha de Jess, é um informante, assim como no filme original].

Nesta nova versão, continuamos a encontrar várias camadas dentro do roteiro, o Assassinato [Drama] e a paixão perdida [Romance]. Mas essa versão acaba perdendo o alívio cômico, que tirava um pouco da do peso do filme.

Mesmo com esses bons acertos, o final escolhido perde um pouco a sua sutileza, mostrando uma superioridade da versão original, mas mesmo assim o filme merece ser visto, mas com a certeza de que o Oscar não virá.

SITE_022615_133.CR2

SITE_022615_133.CR2

Malditovivant volta na sexta!

Anúncios

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s