Flaubert e o Drama do Padeiro Martin [Gemma Bovery]

Entra em circuito nacional o filme Gemma Bovery [um dos mais vistos no Festival Varilux de Cinema] com direção segura da francesa Anna Fontaine, o filme é uma adaptação de uma Graphic Novel [quadrinhos] da britânica Posy Simmonds.

gemma-bovery-screenshot-1

Ela é famosa por escrever outra Graphic Novel que também esteve no cinema: Tamara Drewe, que por coincidência também tem a bela Gemma Artenton como atriz principal [e peça chave do desejo].

O roteiro se afirma com base em ligeiras coincidências, Flaubert cria em seu Madame Bovary, um romance baseado no cotidiano da época, onde o tédio matrimonial, o adultério e a morte são comuns, Simmonds recria esse enredo nos dias atuais, com ajuda de um personagem central, o aposentado e agora padeiro Martin [o competente Fabrice Luchini].

Paixão por Flaubert

Paixão por Flaubert

Martin se sente entediado na pequena cidade francesa, mas tudo muda com a chegada do casal Gemma [A bela Gemma Artenton] e Charlie [o insosso Jason Flemyng], Martin enxerga nos dois a personificação do casal da trama de Flaubert e não é apenas a semelhança do nome, mas na atitude dos dois.

Martin acaba se apaixonando por Gemma, só que platonicamente. Com isso o padeiro se coloca como uma espécie de leitor, que narra os fatos e imagina as cenas. O que dá o tom divertido ao filme.

Por mais que os personagens ressoem Flaubert. Martin é a personificação da essência do livro, pois busca por meio da ilusão escapar do tédio de sua vida e do seu casamento de longa data.

Martin como o melhor leitor, imagine e vive a cena

Martin como o melhor leitor, imagine e vive a cena

Porém apesar de tantos acertos o filme acaba perdendo o folego nos minutos finais. Deixando a obsessão da autora e diretora por Flaubert estragarem o seu final.

Mesmo assim Gemma Bovery é um filme que merece ser visto.

Anúncios

4 comentários em “Flaubert e o Drama do Padeiro Martin [Gemma Bovery]

  1. debondan disse:

    Tá na agenda pra ser conferido semana que vem.

  2. Ingrid A. disse:

    adorei que você concordou comigo q o final, um anti climax mal acançado, estragou grande parte do q tava indo super bem hahahahaha ganhei o dia!!

  3. Fernanda N disse:

    oie ferds! 🙂 tudo certinho?
    não tinha ouvido falar desse filme ainda, mas o trailer parece ser bem interessante… já percebi que tu curte umas coisas bem alternativas, néam? tanto em livros como em filmes… nada de mainstream, só títulos mais underground mesmo! acho massa isso, apesar de não acompanhar muito por este ângulo. mas curti, porque o filme é meio em inglês e meio em francês, assim posso treinar meu francês bebê… hahaha! valeu pela indicação… se eu assistir, depois te conto o que achei! 😉
    beijo, beijo!

  4. Fernanda N disse:

    oie ferds! tudo certinho?
    não tinha ouvido falar desse filme ainda, mas o trailer parece ser bem interessante… já percebi que tu curte umas coisas bem alternativas, néam? tanto em livros como em filmes… nada de mainstream, só títulos mais underground mesmo! acho massa isso, apesar de não acompanhar muito por este ângulo. mas curti, porque o filme é meio em inglês e meio em francês, assim posso treinar meu francês bebê… hahaha! valeu pela indicação… se eu assistir, depois te conto o que achei! 😉
    beijo, beijo!

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s