Esqueça MadMax vá ao cinema ver A Gangue um filme de verdade

Ano passado entre os anúncios da Mostra Internacional de Cinema, me surgiu a curiosidade de assistir o filme russo, Plemya. Por inúmeras circunstâncias, acabei não indo ao festival. Então tive que esperar um ano, até o filme chegar aos nossos cinemas, agora com o título de A Gangue.

O filme que conta a saga de um jovem, recém-chegado a uma instituição destinada a Surdos e Mudos. Só que como em qualquer mundo adolescente os ritos de passagem e os grupos sócias colocam esse novato contra a parede e quando ele menos percebe acaba mergulhando em um mundo cheio de violência e prostituição. Mas no meio de tanto caos, ele conhece o amor, ou pelo menos algo que se assemelha com isso.

trb

Essa máfia que vemos dentro do filme, surge por conta de toda essa desigualdade, os furtos em busca de comida, o sexo por míseros trocados em paradas de caminhão e abortos é o reflexo da sociedade criada pelo poderoso Czar Vladimir Putin.

1851_film-festival_plemya

Mas apesar de toda essa violência social o que mais tem chocado as pessoas que foram ao cinema [tanto no Brasil quanto em outros lugares do mundo] é o fato do filme ser ambientado em uma escola de Surdos e mudos, um grupo da sociedade que em geral é retratado dentro do cinema como pessoas ingênuas, e por vezes burras.

548

O diretor tenta quebrar esse estereótipo mostrando que os jovens são apenas jovens. E que eles são os primeiros a serem atingidos pelas mudanças da sociedade. Para ilustrar esse mundo ele cria belas e por vezes longas cenas filmadas em plano sequencial [sem nenhum corte] dando mais realidade e colocando o espectador dentro do ambiente [por vezes nada agradável] uma mistura de grandes estruturas do passado soviético com neve e lama.

06

Para quem vai assistir, o filme é totalmente mudo Só temos o som do ambiente, tudo corre por gestos, e não recebemos a tradução disto. Tudo tem que ser interpretado e por vezes imaginado, mas o incomodo some logo em seguida. Lembrando que os atores deste filme nada sabem sobre atuação, todos são amadores e surdos e mudos na vida real, mas isso não impede de vermos uma atuação verdadeira.

Vá ao cinema e assista A Gangue, e se surpreenda.

 Plemya

Anúncios

3 comentários em “Esqueça MadMax vá ao cinema ver A Gangue um filme de verdade

  1. Ingrid A. disse:

    Taí um filme que eu adorei ter visto. talvez o melhor filme que a gente viu esse ano ❤ agora faltam alguns documetários que estao anotados numa listinha aqui comigo… kkkkkkkkk

  2. carolcaniato disse:

    Gente, fiquei muito curiosa! Nunca assisti nada parecido com esse filme. Só o trailer já dá uma agonia danada! Vou procurar!
    :*

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s