Uma estrela se apaga, adeus B.B. King

bb-king

Aos 89 anos morre B.B King o Rei do Blues, depois de uma carreira com 16 prêmios Grammy, mais de 50 discos e quase 60 anos de estrada, parcerias com diversos músicos e influenciando gerações. Sua maneira de tocar guitarra influenciou caras como Eric Clapton, George Harrison e Jeff Beck.

Lucille também entra para a história, ela sua inseparável guitarra. A lenda que deu o nome a guitarra é mais ou menos assim: King se apresentava em Twist, no estado do Arkansas, quando houve uma briga, que acabou causando um incêndio na casa. B.B. se apressou para sair do local, mas lembrou-se que tinha esquecido sua preciosa guitarra Gibson que custava 30 dólares.

Depois de um tempo ele ficou sabendo que a briga se deu por conta de uma mulher chamada Lucille. Assim, decidiu batizar com esse nome todas as guitarras que o acompanharam ao longo de sua carreira.

Com ela King dominou as “Dead Notes” os famosos momentos de pausa entre as notas tocadas no Blues.

Pra fechar o post escolho a canção “Ten Long Years”

Anúncios

Um comentário em “Uma estrela se apaga, adeus B.B. King

  1. debondan disse:

    Tantos bons nos deixaram este ano. Mas BB tinha que ser para sempre, inoxidável ao tempo. NO meu mundo de Alice seria assim.

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s