James McAvoy muito mais que um X-Men

James McAvoy retorna pela segunda vez para reviver o Mutante, Charles Xavier o famoso “professor X” do mundo dos quadrinhos da Marvel. Pensando nisso resolvi fazer um post mostrando mais sobre o um dos mais talentosos atores desta nova geração.

lead-mcavoy
McAvoy tem em seu currículo mais 40 filmes, entre os quarenta selecionei quatro bons filmes que mostra a versatilidade do ator:

18711901.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx
O primeiro e seu maior sucesso de crítica O Último Rei da Escócia, lançado em 2006, McAvoy divide a cena com Forest Whitaker [que não conseguiu emplacar nenhum bom filme após esse sucesso], o filme que é baseado em fatos reais, conta a história de um médico recém-formado que resolve viajar para o continente Africano em busca da sua primeira residência médica. Lá ele se encontra com Idi Amin Dadá [Forest Whitaker]. McAvoy por conta deste filme recebeu seu segundo Bafta.

 

Um filme de bela fotografia

Um filme de bela fotografia

O segundo filme é de Last Station, lançado em 2009. O filme narra os últimos dias do grande Tolstói: McAvoy é o jovem Bulgakov que consegue se tornar o secretário pessoal de Tolstói, mas sua missão é espionar a vida do mestre. Bulgakov, não consegue manter a promessa e acaba conhecendo mais sobre a doutrina e se apaixonando pelo modo de vida de seu mestre.

 

 

e473ebec6b5845a4938db5898fd89158

Em 2013 McAvoy lançou dois bons filmes: Inimigos de sangue e Em Transe. No primeiro ele vive Max, um detetive atormentado por um erro do passado, e ao lado de sua parceira Sarah [Vivida pela bela Andrea Riseborough] tem uma nova chance de prender Jacob, só que Max percebe que a corporação tem um interesse especial em Jacob.

 

Em Transe já ganhou post blog, [clique aqui pra ler].

O malditovivant volta na sexta com um novo post.