Descobertas e o Poder do Rock [A Fita Azul]

“Você poderia me dizer, por favor, qual caminho eu devo seguir?” “Isso depende muito de onde você deseja chegar.” Lewis Carrol

Ontem fui ao cinema ver A Fita Azul, filme de estreia da diretora [Roteirista] Rebecca Thomas, a diretora retrata de maneira sincera a vida de Rachel [Julia Garner], uma garota de que vive em uma comunidade Mormon em Utah. Ao completar 18 anos, toma conhecimento de um gravador e se sente atraída pela “magia” do aparato tecnológico, mas como seu pai bem explica, o aparelho pode ser usado para o bem [gravar as entrevistas] ou ser usado pelas forças malignas [?????].

Um mundo novo

Um mundo novo

Porém o gravador tem um guardião, o seu meio irmão, Mr.Will, Só que a curiosidade é muito mais forte e leva Rachel a quebrar as regras, junto com a curiosidade vem a descoberta de uma fita azul. Onde existe uma antiga gravação de hanging on the Telephone [que ficou famosa pela banda Blondie], pela voz da banda The Nerves.

Mas Mr.Will acaba descobrindo e tenta impedir que Rachel continue a ouvir a “Fita Azul”. A confusão acaba levando a mãe de Rachel a pensar que os dois estão tendo um caso.

41030747

A partir deste evento o rock entra na vida de Rachel, junto com ela vem à ideia da concepção divina! Os Pais de Rachel preparam um casamento arranjado para a sua filha. Mas Rachel não quer nada arranjado então com a ajuda da sua mãe, ela parte em busca da voz na fita cassete, sem descobrir que seu meio irmão está escondido no carro.

Assim começa a busca de Rachel!

O acaso a leva para Las Vegas [cidade do pecado] onde, encontra uma pequena banda de rock, garotos sujos e de cabelos desgrenhados, diferente de tudo que ela viu dentro de seu mundo. Ela tenta se encontrar neste mundo, mas tem sempre Mr.Will como sua ancora. Mas essa mesma âncora vai perdendo força ao se chocar com a cultura da cidade.

Fita Mágica!

Fita Mágica!

A diretora acertou ao criar o choque entre os dois mundos, mas mesmo com o choque, ainda consegue mostrar que crianças são apenas crianças não importa o mundo ou a maneira em que são criadas. Os cenários podem ser diferentes, mas os dilemas sempre são os mesmos.

A escolha do elenco também foi outro acerto, a imagem angelical de Julia Garner, contrasta com o estilo Z-Boys de Rory Culkin. E Mr.Will vivido pelo jovem Liam Aiken, formando um trio surpreendente.

maxresdefault

A fita azul não se prende ao elucidar o mistério de Rachel. Ele mostra que o caminho e a descoberta é mais importante do que a própria solução das respostas.

Infelizmente em São Paulo o filme só está passando no Shopping Frei Caneca, o que limita o seu alcance, mesmo a distância o filme compensa.

electrick-children

O malditovivant, retorna na sexta com muito mais.

Anúncios

6 comentários em “Descobertas e o Poder do Rock [A Fita Azul]

  1. Beca disse:

    Hey =)

    Aqui em BH só tem um cinema onde este filme está passando, o velho cinema da Rua da Bahia. É o único lugar na capital onde filmes mais cultos passam. Acho bem triste só ter esse lugar aqui… Mas, pelo menos, é relativamente perto, fica bem no centro da parte histórica e cultural da cidade =D

    Quando for ao cinema da Bahia vou procurar por este filme. Obrigada pela dica =)

    Beijos

  2. Rebeca Renna disse:

    Hey =)

    Aqui em BH só tem um cinema onde este filme está passando, o velho cinema da Rua da Bahia. É o único lugar na capital onde filmes mais cultos passam. Acho bem triste só ter esse lugar aqui… Mas, pelo menos, é relativamente perto, fica bem no centro da parte histórica e cultural da cidade =D

    Quando for lá na semana que vem procurarei por este filme, fiquei curiosa agora.

    Obrigada pela dica.. beijos!

    [www.luvadepelica.com.br]

  3. carolcaniato disse:

    Eu vi o trailer e amei demais! Não sei se vai chegar nos cinemas aqui da minha cidade, mas já vou me preparar pra baixar!
    Beijo!

  4. Equipe disse:

    Nunca vi esse filme, nem sabia que ele existia, para falar a verdade. Que vergonha! hahaha Mas me pareceu interessante. Quando tiver a oportunidade, irei vê-lo!

    Ah, abandonei de vez o Teor Alcóolico, mas agora estou com o Juventude em Prosa, que pretendo manter vivo por muuuuito tempo!

    http://www.juventudeemprosa.com

    Beijoos!

  5. Camila Faria disse:

    Sensacional! Procurando já o filme para assistir.

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s