A volta da genial Sofia Coppola

Carregar esse sobrenome não é tarefa fácil, mas agora com a chegada de seu oitavo [cinco filmes e três curtas] trabalho [Bling Ring] a diretora tenta mostrar que veio pra ficar e que quer cativar seus compatriotas.

Bling Ring que tem previsão de estreia nesta sexta, conta a história de uma gangue de jovens entediados [perfil recorrente nos trabalhos da diretora]que invadem casas de celebridades de Hollywood em busca de um pedaço de suas vidas. O filme é baseado em fatos reais, a ideia surgiu após a diretora ler um artigo na revista Vanity Fair.

Apesar de ter sido bem recebida na edição de Cannes deste ano a diretora ainda não conseguiu cativar sua terra natal, em parte por sua maneira de trabalhar, que por vezes é comparado com o cinema artístico europeu [pelo uso das tomadas longas e a falta de apelo comercial de seus filmes].

Scarlett oh..Scarlett

Scarlett oh..Scarlett

Outro lado que afasta o público caseiro de seus filmes são as escolhas de seus personagens, apesar do vazio imenso e da sensação de tédio eles são extremamente profundos.  Lembramos-nos da bela Scarlett Johansson [em seu primeiro filme sério] em 2003 com “Encontros e Desencontros”. Sua personagem está imersa em um mundo desconhecido e não faz nada para mudar isso, até encontrar um velho ator de cinema [com interpretação do genial Bill Murray].

Outro bom trabalho que segue a mesma linha é “Um lugar qualquer” de 2010, só que desta vez não temos uma mulher no centro da “ação”, mas temos outro personagem imerso no tédio, um ator de cinema que não sente mais nada.

Mas para mim o melhor momento da diretora não é o seu clássico, “Virgens suicidas” de 1999, mas sim “Maria Antonieta” de 2006, onde ela mostra uma versatilidade incrível e um rigor fantástico na criação do figurino e na ambientação na vida de uma entediada rainha de um império em ruinas. Sofia criou com a ajuda da deslumbrante Kristen Dunst uma “Maria Antonieta Rock Star”.

pinkstripes7a

Mesmo repetindo a temática, mas sempre trazendo um olhar diferente sobre seus personagens, a diretora ainda é um dos nomes promissores do atual cinema.

Depois de tudo isso vá a locadora e alugue alguns filmes e se prepare para Bling Ring.   

O malditovivant volta com mais novidades.