Jamiroquai no Brasil!!!

Boas canções…

Nesses últimos anos o Brasil tem se mostrado uma Meca para as bandas internacionais, 2012 foi recheado de bons shows [para todos os gostos e tipos de bolsos] para iniciar o ano teremos Jamiroquai, a banda vem ao Brasil no inicio de fevereiro para divulgar seu novo disco o não tão aclamado Rock Dust Light Star.

jamiroquai_wallpaper_by_johnnyslowhand-d31hc8x

A banda já veio ao Brasil inúmeras vezes, em 2006 fui ao show, e confesso que o Jay Kay [vocalista e líder da banda] manda muito bem ao vivo. Naquela ocasião a banda apresentava seu mais recente disco Dynamite, mas não deixou de tocar seus clássicos. Apesar do seu retorno ao Brasil a banda não emplaca um bom single desde 2005 com Seven Days Of Sunny June [do disco Dynamite].

Mesmo assim a banda tem se mostrado afiada no quesito show e ainda atrai uma grande quantidade de pessoas por onde passa. A banda não tem um estilo definido, mas passeia entre o Acíd Jazz, o rock e às vezes com uma pitada de música eletrônica, essa mistura garante uma diversidade de público no show da banda.

Esse ano a banda faz show em São Paulo [Ingressos de 100 a 500 reais] no dia 7 de Fevereiro e no dia 11 em Florianópolis [Sem Valores anunciados].

SÃO PAULO (SP)
Quando:
Quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013, às 21h30
Onde: Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro

FLORIANÓPOLIS (SC)
Quando: segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013
Onde: Stage Music Park – Rodovia Maurício Sirotsky Sobrinho, 2500 – Jurerê Internacional

Para mostrar a diversidade musical, separei dois clipes da banda.

O malditovivant.net volta na quarta com mais notas…

Um belo drink que se passa bem por um Chá Gelado [Long Island Iced Tea]

“O álcool pode ser o pior inimigo do homem, mas a Bíblia diz para amarmos nosso inimigo. Frank Sinatra.

white-i-love-long-island-ice-tea-men-s-t-shirts_design

Essa é a terceira sexta do ano, está na hora de recomerçamos os trabalhos, voltar ao bar a vida noturna, a industria da bebida não pode parar meus amigos, para alimentar a noite, que tal algo diferente?

Por conta disso, eu vou apresentar um maravilhoso Drink, O Long Island Iced Tea. Conheci essa maravilha, na fase mais Boemia da minha vida, eu saia do escritório na quarta ia para um bar que o Chop era duplo. Na quinta eu ia para o Republic [Um Pub da Vila Madalena], na sexta eu voltava pra lá, no sábado eu saia com alguma amiga e no Domingo eu ficava em casa lendo jornal [detalhe nunca tive ressaca].

Nesse tempo de Republic [quase um ano], fiz boas amizades na casa, uma delas foi a Adrianna, uma barthender muito elegante e que tinha mãos perfeitas na arte de fabricar drinks. Certa noite ela me apresentou o Drink, que apesar da mistura de vários ingredientes, a bebida é extremamente leve e diria até refrescante. A alquimista do bar, não trabalha mais lá, também faz alguns anos, que eu não vou ao Republic e meus atos boêmios diminuíram em 90% [Serei canonizado em breve!].

Muitos amigos para essa festa!

Muitos amigos para essa festa!

Mas nunca vou me esquecer das noites divertidas ao lado do Long Island Ice Tea [Por me tornar amigo íntimo do Drink eu o apelidei de  Club Seven].

Segue a receita.

Ingredientes:

  • 1 dose de Gin
  • 1 dose de Rum
  • 1 dose de Tequila
  • 1 dose de Vodka [A versão normal]
  • 1 dose de Contreau
  • Sumo de limão [recomendo duas colheres; pode ser menos]
  • Uma colher de açúcar
  • Coca-cola gelada
  • Rodela de limão

Modo de preparo:

Em um copo de Long Drink, coloque 3 pedras de gelo e a rodela de limão.

Em seguida coloque todas as doses de bebidas Alcoólicas.

Pegue a Bailarina e faça um leve mix.

Depois complete o copo com a Coca-Cola e o suco de limão.

Mais um Mix com a Bailarina e está pronto.

long-island-iced-tea

Olhando para o Drink, voce percebe que ele tem cara de chá mesmo. Infelizmente essa é uma bebida complicada de se fazer em casa é uma bebida ideal para a noite, beber com os amigos ou com aquele alguem especial.

Faço questão de dizer novamente, apesar da quantidade de bebidas diferentes o drink é extremamente leve e refrescante. Você vai acabar tomando ele como se fosse chá gelado [cuidado com isso!].

Então se for ao bar, se lembre da dica do malditovivant.net e aproveite o maravilhoso chá de Long Island.

Até Segunda…

Sonho de Consumo – Alfred Hitchcock – MASTERPIECE

“Elas pagam para serem assustadas.” Hitchcock.

Esse ano parece ser o ano do Hitchcock, no Sábado passado a HBO estreou um telefilme sobre uma das musas do diretor Tippi Hedren [que participou de Os Pássaros e Marnie], o diretor tinha uma obsessão por Tippi isso a consumia a atriz [sobre isso falo em outro post]. Ainda nesse ano teremos um filme sobre Hitchcock, com Anthony Hopkins no papel principal e Hellen Mirren como coadjuvante.

Por essas e outras, meu sonho de consumo é baseado no diretor. No fim do ano passado foi lançando esta bela caixa com todos os filmes do diretor: Blu-ray Alfred Hitchcock – Masterpiece. A caixa contém 14 discos com todos os filmes de sua carreira, além de estar recheado de bons extras, mostrando a influência do diretor nos dias de hoje.

Além dos extras e dos filmes em grande qualidade a caixa também vem com 14 Cards sobre os filmes e mais um livro com informações sobre o elenco.

91hPQMtcB4L._AA1500_

Sinopse:

Psicose 
O clássico Psicose começa com a secretária Marion [Janeth Leigh] dando um desfalque de 40 mil dólares na imobiliária onde trabalha. É uma tarde quente de sexta-feira. Ela pede licença ao patrão para sair mais cedo, e leva consigo o pacote contendo o dinheiro, certa de que seu crime só seria percebido após o final de semana. Com pouco mais de dois dias para fugir, Marion sai dirigindo sem destino pelas estradas norte-americanas. Cansada, vai parar no Motel Bates, um lugar decadente, que quase fechou suas portas após o desvio da auto-estrada.

Um Corpo Que Cai 
Grande clássico da história do cinema, e presença obrigatória em todas as listas relacionando os melhores filmes de todos os tempos, Um Corpo que Cai marca um dos momentos mais importantes da carreira de Hitchcock. A trama mostra o detetive John Ferguson [James Stewart], um homem que acredita ser culpado pela morte de um colega policial.

Os Pássaros 
Um verdadeiro ícone do cinema de suspense, referência obrigatória no gênero, Os Pássaros é um dos filmes mais envolventes e aterrorizantes de todos os tempos. Sem aparente explicação lógica, os mais variados tipos de pássaros começam a atacar mortalmente os habitantes de uma pequena cidade da Califórnia. 

alfred-hitchcock-the-masterpiece-collection

Janela Indiscreta 
No charmoso bairro de Greenwich Village, em Nova York, L.B. Jeffries [James Stewart] é um fotógrafo profissional confinado em seu apartamento após ter quebrado a perna. Procurando preencher seu tempo ocioso, ele passa a vasculhar a vida de todos os seus vizinhos através das possantes lentes de sua câmera.

Festim Diabólico [Meu filme favorito do diretor]
Brandon [John Dall] e Philip [Farley Granger] assassinam o colega de escola David Kentley [Dick Hogan] apenas para sentirem o “prazer” de praticar um assassinato e provarem que são capazes de realizar o crime perfeito. E como se não fosse o suficiente, em desafio aos amigos e à família, resolvem dar uma festa no apartamento de ambos 

O Homem que Sabia Demais 
Durante suas férias no Marrocos, o médico Ben McKenna [James Stewart] e sua família se envolvem por acidente numa trama internacional de assassinato, a partir do momento em que um homem, prestes a morrer, sussurra ao ouvido de Ben algumas palavras misteriosas. 

Cortina Rasgada 
O cientista espacial norte-americano Michael Armstrong [Paul Newman] e sua noiva Sarah [Julie Andrews] participam de uma convenção na Noruega. Tudo porém parece muito estranho: Michael está agindo de maneira misteriosa, dando a entender que ele pode vender seus importantes segredos científicos para os comunistas.

bluray-obra-prima-alfred-hitchcock-01

Frenesi 
Londres está aterrorizada com um serial killer conhecido apenas como “O Assassino da Gravata”. O principal suspeito é Richard Blaney, um homem de hábitos estranhos, mas completamente determinado a fugir e a provar sua inocência.

Marnie, Confissões de Uma Ladra 
Marnie [Tippi Hedren] é uma ladra fria e calculista. Bonita, ela atrai a simpatia e a confiança de seus empregadores, para depois roubá-los.

Topázio 
O importante militar russo Boris Kusenov (Per-Axel Arosenius) pede asilo político aos Estados Unidos, onde é entrevistado pelo agente Michael Nordstrom (John Forsythe). Boris revela ao ocidente que um agente francês conhecido como Topázio está traindo o seu país. 

Sabotador 
Durante a Segunda Guerra Mundial, Barry Kane (Robert Cummings), um operário de uma fábrica de aviões em Los Angeles, é testemunha de uma violenta explosão no local onde trabalha. 
 
O Terceiro Tiro 
Quando um cadáver aparece no meio do bosque de uma pequena cidade do interior dos EUA, seus moradores ficam inquietos. Afinal, todos aqueles que moram nessa cidade acreditam ter algo a ver com o crime. 

A Sombra de Uma Dúvida 
Charlie Oackley é um criminoso que seduz e mata viúvas. E para escapar da polícia, faz uma visita à sua irmã Emma, que vive com seu marido e sua filha Charlie. Com a convivência, sua sobrinha – Charlie – começa cada vez mais a desconfiar de que seu tio não seja realmente a pessoa que ele diz ser.  

Trama Macabra
A falsa medium Madame Blanche (Barbara Harris) e seu namorado George (Bruce Dern) ganham a vida explorando as pessoas ingênuas que acreditam em suas profecias. Até o dia em que o inescrupuloso casal é contratado por Julia (Cathleen Nesbitt), uma viúva que deseja encontrar seu sobrinho, entregue para a adoção muitos anos atrás.

Para quem adora cinema essa é uma grande chance. Porém toda essa maravilha tem um preço, a caixa custa 499,99 reais. Um Excelente presente e um maravilhoso sonho de consumo. Para ficar mais vontade ainda de comprar a caixa, aqui vai o trailer deste sonho de consumo.

O Malditovivant volta na quinta com mais post

Mostra “Louis Garrel, O Ator Fetiche do Cinema Francês”

Um excelente ator.

la-belle-personne-3

Começou no final da semana passado a mostra “Louis Garrel, O Ator Fetiche do Cinema Francês”. Louis Garrel é “o novo” grande nome do cinema francês. Apesar de ter apenas 29 anos, já atuou em 21 filmes e passou na mão dos mais importantes diretores da sua época.

Apesar de ter feito sucesso somente em 2002 no filme Os Sonhadores [de Bernardo Bertolucci] antes já havia feito três filmes antes, dois deles dirigidos por seu pai, o famoso Philippe Garrel. Louis evoca a tradição e a linguagem do cinema Francês dos anos 60 [Nouvelle Vague], por isso o ator é tão cultuado na terra da marselhesa.

A mostra organizada pelo Centro Cultura Banco do Brasil [CCBB] exibe 17 filmes com o ator, entre eles três curtas “Mes Copains” [2008], “Petit Tailleur” [2010] e “La Règle de Trois” [2011].  Os curtas são dirigidos pelo próprio ator, mostrando mais uma faceta de sua criatividade, essa herdada pelo seu Pai.

Garrel e Lea em um clássico Professor e Aluna

Garrel e Lea em um clássico Professor e Aluna

Entre os filmes que o CCBB exibe vale destacar, A Bella Junie [um resgate ao movimento da Nouvelle Vague], um filme que funciona como uma enciclopédia dos relacionamentos e que também discute os rumos da juventude francesa. Além de Garrel, nesse filme também temos a acensão de Léa Seydoux [como a Junie]. Outro filme que também merece destaque é Não, Minha Filha, Você Não Irá Dançar. Drama que conta com a filha de Marcello Mastroianni a bela Chiara.

A programação

16/01 – quarta

15h: Este é meu Corpo (35mm | 87 min.)
17h: Escolhendo Amar (35mm | 60 min.)
19h: Meus Camarada 35mm – 26min / Aprendiz de Alfaiate (35mm | 44 min.)

17/01 – quinta

15h: Não, minha filha, você não irá dançar (35mm | 105 min.)
17h: Um Casamento à Três (35mm | 10 min.)
19h: Em Paris (35mm | 89 min.)

18/01 – sexta

15h: Minha Mãe (35mm | 108 min.)
17h: Um Verão Escaldante (35mm | 95 min.)
19h: Canções de Amor (35mm | 100 min.)

19/01 – sábado

15h: A Fronteira da Alvorada (35mm | 106 min.)
17h: Este é Meu Corpo (35mm | 87 min.)
19h: Atrizes (35mm | 107 min.)

20/01 – domingo

15h: Escolhendo Amar (35mm | 60 min.)
17h: Meus Camaradas (35mm | 26 min.) + Aprendiz de Alfaiate (35mm | 44 min.)
19h: Amantes Constantes (35mm | 178 min.)

23/01 – quarta

15h: Amores Imaginários (35mm | 96 min.)
17h: A Fronteira da Alvorada (DVD | 106 min.)
19h: Bem Amadas (35mm | 139 min.)

24/01 – quinta

15h: Escolhendo Amar (35mm | 60 min.)
17h: Um Verão Escaldante (35mm | 95 min.)
19h: Este é Meu Corpo (35mm | 87 min.)

25/01 – sexta

15h: Um Casamento à Três (35mm | 10 min.)
17h: A Bela Junie (35mm | 90 min.)
19h: Atrizes (35mm | 107 min.)

26/01 – sábado

15h: Minha Mãe (35mm | 108 min.)
17h: Canções de Amor (35mm | 100 min.)
19h: Os Sonhadores (DVD | 114 min.)

27/01 – domingo

15h: Não, minha filha, você não irá dançar (35mm | 105 min.)
17h: Meus Camaradas 35mm – 26min / Aprendiz de Alfaiate (35mm | 44 min.)
19h: Em Paris (35mm | 89 min.)

Quando: de 9 a 27 de janeiro
Onde: Centro Cultural Branco do Brasil de São Paulo (rua Álvares Penteado, 112, Centro)
Quanto: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)
Capacidade: 70 lugares, sujeito a lotação
Mais informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652 ou http://www.bb.com.br/cultura

O Malditovivant volta na quarta com mais posts

pronto11-142x133-custom1

BurningSong XIV [BIG EMPTY - STONE TEMPLES PILOTS]

Ano já está começando a todo vapor, e nada melhor do que uma bela canção de uma banda já esquecida. Stone Temple Pilots, uma das melhores bandas dos anos 90. Nem parecem que fazem 23 anos que essa banda pegava o primeiro lugar nas paradas. Pra quem não conhece a banda vale a pena dar uma procurada em especial nas canções Creep, Sour Girl e claro na Interstate love song

Eu adoro esse som.

 

Big Empty

Stone Temple Pilots

Drivin’ faster in my car
Falling farther from just what we are
Smoke a cigarette and lie some more, these conversations kill
Falling faster in my car

Time to take her home, her dizzy head is conscience laden
Time to take a ride, it leaves today no conversation

Time to take her home, her dizzy head is conscience laden
Time to wait to long, to wait to long, to wait to long

To much walkin, shoes worn thin
To much trippin and my soulds worn thin
Time to catch a ride, it leaves today, her name is what it means
To much walkin, shoes worn thin

Time to take her home, her dizzy head is conscience laden
Time to take a ride, it leaves today no conversation

Time to take her home, her dizzy head is conscience laden
Time to wait to long, to wait to long, to wait to long

Conversations kill
Conversations kill
Conversations kill

Time to take her home, her dizzy head is conscience laden
Time to take a ride, it leaves today no conversation

Time to take her home, her dizzy head is conscience laden
Time to wait to long, to wait to long, to wait to long

Conversations kill
Conversations kill
Conversations kill

Malditovivant volta na segunda com festival de cinema!

Resenha: CD Monster do Kiss [By Iza!]

Minha primeira convidada do ano é a Blogueira Iza do Cowgirls From Hell [clique aqui e leia], ela foi convidada a escrever sobre o mais novo cd do KISS, lançado no ano passado, vamos ao POST:

kissmonster

Quando o assunto é a banda Kiss é quase impossível não se lembrar do espírito festeiro típico do Hard Rock retratado bem no refrão do hino “Rock And Roll All Nite”.  Ao contrário de muitas outras bandas de gênero semelhante, o Kiss parece não ter deixado de lado suas origens e seu trabalho mais recente confirma isso.

Monster é o vigésimo álbum de estúdio, lançado em outubro de 2012 e nos trás um pouco mais de 45 minutos de um som que parece ter vindo do passado.  É um pouco estranho afirmar isso, mas insisto em apontar o quanto esse CD me parece ser nostálgico mesmo tendo apenas músicas novas. Os amantes dos gêneros mais pesados do rock estão cientes de onde quero chegar, aliás, há uma pequena “briga” entre os fãs e as bandas porque os primeiros muitas vezes não querem que seus ídolos percam a musicalidade de sempre. É normal que um artista mude musicalmente com o tempo, porém nem sempre mudança é algo bem aceito.

Voltando ao nosso foco principal, a minha percepção quanto ao álbum é que a banda procurou a simplicidade e essa tal simplicidade resultou em boas músicas. De acordo com alguns comentários que andei lendo para melhorar minha postagem, parece que os fãs mais antigos da banda estão esperando um disco bom do início ao fim há muito tempo e Monster foi bem recebido pelo público e muitos concordam comigo quanto ao fato da banda ter voltado às origens.

Agora, a setlist:

1-“Hell or Hallelujah” (Paul Stanley) – 4:07

Vocal – Paul Stanley

2-“Wall of Sound” (Stanley, Gene Simmons, Tommy Thayer) – 2:55

Vocal – Gene Simmons

3-“Freak” (Stanley, Thayer) – 3:35

Vocal – Paul Stanley

4-“Back to the Stone Age” (Simmons, Stanley, Thayer, Eric Singer) – 3:01

Vocal – Gene Simmons

5-“Shout Mercy” (Stanley, Thayer) – 4:04

Vocal – Paul Stanley

6-“Long Way Down (Stanley, Thayer) – 3:51

Vocal – Paul Stanley

7-“Eat Your Heart Out” (Simmons) – 4:06

Vocal -Gene Simmons

8-“The Devil Is Me” (Simmons, Stanley, Thayer) – 3:40

Vocal – Gene Simmons

9-“Outta This World” (Thayer) – 4:29

Vocal – Tommy Thayer

10-“All for the Love of Rock & Roll” (Stanley) – 3:21

Vocal – Eric Singer

11-“Take Me Down Below” (Simmons, Stanley, Thayer) – 3:24

Vocal – Gene Simmons e Paul Stanley

12- “Last Chance” (Stanley, Simmons, Thayer) – 3:05

Vocal – Paul Stanley

???????????????????????????

De todas as músicas, minha favorita foi a energética Back to Stone Age porque ela é animada e gosto de canções assim. Quando você ouve o trabalho da banda do início ao fim, as músicas parecem ter certa continuidade e o álbum em si é de tirar o fôlego. Se você ainda não ouviu, corra porque você não irá se arrepender! :D

Para terminar o post, gostaria de agradecer a oportunidade de escrever para o Maldito Vivant que é um blog que admiro muito. Acabei me enrolando um pouco com a vida de universitária e deixei muitas coisas de lado, dentre elas meus blogs, e meu post deveria ser lançado há algum tempinho. Pois bem, pelo menos o texto já ficou pronto e vocês já podem conferir minhas opiniões.

We Rock!

Iza. Blogueira do Cowgirls From Hell, estudante de Geografia e amante do bom e velho rock n’roll.

Psicanalise e fetichismo [Um Método Perigoso]

“Não desejo suscitar convicções, o que desejo é estimular o pensamento e derrubar preconceitos.” Freud

Um-método-perigoso-2

Hoje estréia no Telecine Premium o filme, Um Método Perigoso. filme  é dirigido por David Cronenberg, que  sai do grotesco e vai até o fetichismo e o Parricídio para mostrar a relação dos maiores mestres da Psiquiatria, Carl Gustav Jung [O ator revelação do ano passado Michael Fassbender] e Sigmund Freud [Viggo Mortensen está majetoso no papel] no meio desta relação temos Sabina Spielren [Com uma excelente atuação de Keira Knightley].

Apesar da figura de Freud, o filme é centrado na relação de Sabina com Jung. Ela fora a primeira paciente em que Jung usou os famosos métodos de Freud, onde o tratamento se dá por meio da conversa com o paciente. O experimento é um sucesso, Jung descobre o real problema de Sabina, que por conta da sua infância violenta, sente um incrível prazer sexual  por meio da violência [Fetichismo]. Jung é bem eficaz como médico, conseguindo recuperar Sabina e fazendo com que ela consiga ingressar na faculdade, ela por devoção ao seu salvador escolhe a faculdade de psicologia.

Encontro dos mestres

Encontro dos mestres

O sucesso de Jung por meio da técnica de Freud faz com que os dois marquem um encontro, e assim nasce a amizade entre os dois, Freud vê em Jung a figura de pupilo [e seu futuro sucessor] na mesma via Jung vê Freud como um Pai [Mestre], e Freud age assim mesmo, sempre se distanciando e com um ar de superioridade e se mostrando sempre a frente de seus colegas.

Mesmo Jung sendo um excelente psicanalista, sua vida pessoal não vai tão bem, casado com uma mulher rica, Jung não tem um casamento feliz, como Freud o analisa: ela por ser dominante [financeiramente] castra o ímpeto de Jung na esfera pessoal, Jung só se sente “Homem” na esfera profissional, onde é mestre em sua arte.

um-metodo-perigoso-3

Jung entra em conflito após Freud mandar um de seus pacientes [como forma de experimento], Otto Gross [Vicent Cassel rouba a cena] que também é psicanalista, para as mãos de seu Pupílo. Jung acaba sendo seduzido pelo ideal de Otto [um anarquista em estado de ebulição], que induz Jung a ter um caso com sua paciente mais famosa, Sabina. Ele acaba sendo envolvido pelo desejo e cai no mundo do fetichismo, no inicio não gostando muito, mas por fim deixando de ser instrumento [de Sabina] para se tornar refém dela.

Vicent Cassel como o filho do Caos OTTO GROSS

Vicent Cassel como o filho do Caos OTTO GROSS

Com o tempo Jung acaba se sobressaindo e explorando outros campos [paranormalidade], isso não agrada seu mestre que não acredita nessa linha de pensamento, então as discordâncias começam a surgir. Porém Jung não precisa mais de um Mestre, ele tem seu reconhecimento [Parrícidio]. Freud resolve então cortar relações com o pupilo, e isso afeta totalmente Jung, que se afunda em trabalho.

Cronenberg mostra uma direção segura e realista, dando aos atores um ar de naturalidade, mesmo sendo um filme de época. Outro bom acerto do diretor foi a escolha de Keira Knightley, que se mostrou uma atriz bem versátil ao fazer uma Sabina doente e uma Sabina curada. Mostrar a briga de Jung e Freud por cartas é mais um acerto do diretor, as locações dão uma ideia de uma Europa poderosa e rica um retrato fiel da época.

a-dangerous-method-poster-frances-24agosto2011

O filme é muito bom e merece ser visto, o malditovivant, volta na quarta com mais posts.

Livro: A Verdadeira Vida de Sebastian Knight

“Nossa existência não é mais que um curto circuito de luz entre duas eternidades de escuridão”. Vladimir Nabokov

vladimir-nabokov

Na última bienal do livro eu comprei dois clássicos do Nabokov: O Olho [terminei de ler antes da virada do ano] e A Verdadeira Vida de Sebastian Knight [Lido no inicio de Dezembro]  dos republicados pela editora Alfaguara só me falta o Original de Laura, que foi lançado postumamente, porém não o configuro como um verdadeiro livro de Nabokov já que foi lançado sem autorização do mesmo.

A Verdadeira Vida de Sebastian Knight foi publicado em 1941, catorze anos antes do seu mais famoso livro Lolita, de inicio o livro não chamou atenção da crítica. Hoje o livro é tido como “quase pós-moderno”, por conta da técnica empregada por Nabokov. O livro também sérvio de experimento para criar o estilo narrativo de Lolita.

Chega de enaltecer Nabokov e vamos à história: No livro seguimos os passos do indignado V. , o meio irmão de Sebastian Knight. O motivo da indignação foi a  biografia lançada pelo secretário do irmão [um dos desafetos de V.]. Sebastian era um famoso escritor de seu tempo, que chegou a produzir obras respeitadas no meio e apesar de ser russo, negava suas origens e só escrevia em Inglês [uma comparação velada do próprio Nabokov com sua carreira].

V. , não encontra traços de seus própria história no meio da biografia escrita pelo secretário, isso o deixa mais indignado ainda. Antes de Sebastian falecer, ele delegou a seu irmão mais novo a missão de queimar todos os seus segredos e cuidar de seus últimos pertences.

DSCF0010No meio de sua missão V. encontra algo que sequer devia ter lido. Os rastros de um amor de Sebastian. Isso e o desejo de sepultar essa “falsa biografia” [como o personagem mesmo diz] faz com que V. saia em disparada ao encontro do passado do irmão.

Com ajuda de trechos de livros e memórias de correspondência ele percorre os passos de seu famoso irmão e tenta a todo custo revisitar os mais importantes momentos da vida do irmão. Mas no meio dessa busca, por vezes nosso narrador se perde, entre o que realmente aconteceu e o que ele acredita que aconteceu.

V. tenta tanto vivenciar a vida de Sebastian e elucidar os seus últimos momentos que ele acaba vivendo a vida do Irmão, como no encontro de amigos [num passeio de trem a caminho da Rússia] e até se apaixonando por uma das amantes de Sebastian.

Um dos maiores trunfos do livro é a sensação literária, Nabokov tenta criar [e consegue] uma narração simples, mas passando a ideia de que estamos lendo um livro dentro de outro, o livro na verdade “seria a real” apuração da vida de Sebastian Knight e escrita pelo seu irmão V. e mesmo o livro tendo ares sérios e detetivescos o livro se torna engraçado por conta das trapalhadas do personagem central, que tenta completar os espaços em branco das memórias com teorias por vezes absurdas.

Ao mesmo tempo em que ficamos interessados pela vida de Sebastian e seus livros. Em especial quando o irmão mostra de onde ele tirou as inspirações para as temáticas dos livros. A Verdadeira Vida de Sebastian Knight é um livro que merece ser lido e que mostra todo o potencial e genialidade de Nabokov.

Trecho do livro:

“Mas o herói permanece, pois, por mais que eu tente, não consigo sair doe meu papel: A máscara de Sebastian prega-se ao meu rosto, a semelhança não se desmancha. Eu sou Sebastian, ou Sebastian é eu, ou talvez nós dois sejamos alguém que nenhum de nós conhece.”

pronto11-142x133-custom1

O malditovivant volta na segunda com mais novidades.

O Primeiro Post de 2013

“Imagine a vida como uma folha em branco. Agora desenhe seu futuro” Ferds

Um novo ano começou, a engrenagem começa a funcionar a todo vapor novamente, as festas ficaram para trás e o trabalho volta a ser a pauta principal na vida das pessoas. Na virada do ano, você mentalizou os seus pedidos e fez suas resoluções para esse novo ano.

Eu sigo essa tradição a 5 anos, é complicado, mas sempre está comigo [um norte] para lembrar o que eu quero, nem sempre tudo da certinho como planejo, justamente porque a vida é feita de contratempos. Mas mesmo assim ele me ajuda muito. Esse ano eu ganhei uma cadernetinha diferente de todas as outras. E foi um dos presentes, mais originais e legais que ganhei esse ano, e olha que eu ganhei muitas coisas legais.

DSCF0002

Agora está na hora de começar a colocar em práticalutar pelas coisas que você deseja, buscar suas realizações e tentar mudar o seu presente para um futuro como você sempre sonhou. Imagine a vida como um caderno, as novas folhas do seu futuro não foram desenhadas ainda, basta você tomar as rédeas da sua vida e desenhar o que você quer.

COmo é lindo meu presente

COmo é lindo meu presente

Acabe com velhos hábitos que só machucam você, pare de viver precisando de aprovação de outras pessoas, a vida é sua e você que tem que ser feliz.

Não deixe ninguém te ferir, pessoas que te jogam pra baixo não merecem você. Pare de conversar com pessoas invejosas e fofoqueiras.

Para de tentar ser aceito ou seguir o padrão dos outros, seja você mesmo, o legal das pessoas é sua diversidade, gente que pensa igual e age igual é chato.

Pare de se exibir ou querer chamar atenção, no fundo ninguém gosta de gente assim.

Corra atrás do que [ou melhor de quem] te faz feliz, por mais bobo ou simples que seja a idéia, a felicidade não é algo complicado é uma coisa simples.

Se você gosta dela, [ou dele] fale logo, pare de joguinhos, não vamos perder tempo com isso, a vida é curta! Se você realmente ama a pessoa que está com você, não tenha vergonha de dizer isso a ela, pelo menos umas 10 vezes ao dia. É cafona! Mas é infinitamente melhor saber que aquela pessoa nunca vai deixar de te amar.

Pq o mundo é uma folha em branco e precisamos pintar o nosso futuro

Pq o mundo é uma folha em branco e precisamos pintar o nosso futuro

Realize suas vontades, ou você quer passar mais 365 dias sendo infeliz?

O Blog volta na Sexta com a programação Normal!!!