Caravaggio o Mestre entre os Mestres

Junto com os impressionistas do CCBB, desembarcou em SP no MASP o grande Caravaggio, em homenagem a meu pintor favorito, resgato um post sobre suas obras…

Caravaggio o artista, mas acima de tudo um Bon Vivant.

Quando comecei a estudar Arte fiquei impressionado pelo barroco. Impressionado e envergonhado ao mesmo tempo, pq o meu sentido de barroco e romantismo era diferente do Real Barroco e Romantismo. [Me sujei com o preconceito e me banhei com a verdade]

O Mestre Caravaggio viveu de 1571 até 1610 [38 anos]. Morreu jovem por conta do estilo de vida que levava, Caravaggio além de bom pintor, era também um excelente esgrimista e vivia em meio a Duelos. Uma pratica normal e legitimada pelo estado Romano até o final do Séc XIX [no Uruguai foi legitimado até 1980, sendo o último país a banir o Duelo]. Além de Duelos Caravaggio tinha o costume de dormir na cama alheia, atraindo os mais diversos problemas no dia seguinte.

O genial Pintor criou o estilo chamado “Tenebrismo”. Onde fica evidente o jogo de luz e sombra, o fundo inteiro se torna preto e a área de maior tensão da obra é iluminada criando um clima extraordinário, algumas pessoas atribuem a Caravaggio a criação do gênero do terror.

Baco de 1596

Caravaggio como todo pintor da época retratava a MitologiaGrega [para se entender um quadro vc precisava dominar o estudo da história “Unt Pictori Poesis” a pintura e a poesia juntas] e a religião, às vezes a mistura das duas, com a junção do pagão [Grego] e do sacro [Católico], assim como fazia Michelangelo no renascimento [maior exemplo disso é a estátua de Davi, que foi idealizado como um Apolo]. No quadro abaixo podemos ver muito bem isso. A figura do Malvado Eros [Grega], mas representado como o bonzinho Cúpido [Sacro], a maioria dos Santos Católicos foram importados da Mitologia Pagã e modificados a boa imagem Católica.

Amor Triufante 1602 – Nada mais é do que o malvado EROS [pagão] o Cupido bonzinho [Sacro]

Vale dizer que Caravaggio tem muito de Michelangelo, o estilo de idealização dos corpos a pintura suave, porém com uma pincelada mais forte. Caravaggio como artista Barroco tinha um grande diferencial, ele usava pessoas da rua como modelo [não se tinha o costume de pessoas posarem em atelies] para seus quadros ao contrário de outros artistas do mesmo períodoque usava a nobreza como molde.Por conta disso foi perseguido diversas vezes pelo vaticano, como da vez que foi acusado de usar como molde uma prostituta que morreu afogada, para retratar a virgem Maria em “A Morte da Virgem”.

A morte da Virgem 1605-1606

Seu quadro mais Famoso é Judite e Holoferne, também é seu quadro que causa mais espanto. Este quadro conta à história de Judite uma bela serviçal que teve sua tribo atacada por Holoferne, em uma noite antes de sua tribo ser rendida, um anjo apareceu e falou para ela convidar Holoferne para ir até sua tenda e assim que o tiver em seus braços, ela deveria cortar cabeça de Holoferne e salvar sua tribo [por incrível que pareça está na bíblia].

Judite e Holoferne 1597 – 1600

Temos também Davi com a cabeça de Golias, neste quadro mais simples de Caravaggio vemos o auto-retrato do pintor na cabeça de Golias. Veja a expressão de Repulsa de Davi, que apesar de salvar sua tribo se sente culpado pelo ato.

Davi com a Cabeça de Golias 1609 – 1610

Meus dois quadros favoritos de Caravaggio

A Crucificação de Pedro, apesar do uso do Sacro [tema que eu não gosto muito], podemos ver a genialidade presente nestes dois quadros.

Sinta a expressão de dor no rosto de Pedro e a força emprega na sua musculatura para ser crucificado ao contrário. Na Biblía conta que Pedro pediu para ser crucificado ao contrário, para sofrer mais que Cristo.

A outra é São João Batista, neste quadro apesar de ser Barroco, tem todos os Traços marcantes do Renascimento, como o da figura com o corpo Serpenteado, muito comum em Michelangelo e Rafael, vale destacar a leveza e a força do tecido, dando a impressão de ser cravado em mármore.

Crucificação de Pedro 1600 – 1601 [Um dos meus favoritos]

São João Batista 1601-1602 [Figura serpenteada de Michelangelo]

O Caravaggio fica no Masp até o dia 30/09, aproveita para dar uma olhadinha em sua obra. O Blog volta na quarta com mais novidades…

Anúncios

4 comentários em “Caravaggio o Mestre entre os Mestres

  1. Ingrid A. disse:

    um grande mestre sem dúvida..

    nao sabia dessa parte boemia do caravaggio.. to ansiosa pra q venha pro rio pra eu ver suas obras e essa beleza de claro-escuro. a q mais gosto com certeza é Judite e Heloferne, fico impressionada com a luz transpassando os corpos, fora a frieza, pra mim é frio, q a moça o degola a mando de um anjo, o rosto da idosa ao lado tb me impressiona..
    fora a famosa medusa..

  2. cerisekanin disse:

    Queria tanto ter mais aulas de historia da arte! Tem tanto mais a ser explorado, mas são tantos períodos que só dá pra passar rapidinho em meio aos tantos outros assuntos que temos que ver na faculdade ):
    Preciso ver logo essa exposição, fico sempre enrolando e acabo perdendo! ):

    e sim, eu tenho goggles steampunk! hahaha

  3. ogasdacoca disse:

    Acho as pinturas dele muito lindas. Gosto do ponto de luz em meio a quase penumbra.
    Beijos

  4. Ana Carolina disse:

    Amei a exposição, quando tiver outras posta no blog. Abraços!!!!!

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s