O mundo celebra o disco mais conceitual de David Bowie

“A genialidade de Bowie ao extremo”

A 40 anos atrás o mundo se rendia a David Bowie, pois em Junho 1972 ele lançaria seu álbum mais conceitual: “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars”. Na época o cantor já tinha em sua carreira, quatro discos lançados [entre eles Space Oddity e The Man Who sold The World], mas esse novo disco mudaria uma geração, e afetaria os rumos não só da música, mas também a moda.

Muitas bandas se inspiraram em Ziggy, entre elas Alice in Chains e Duran Duran, além do cantor Boy George e também a banda nacional Nenhum de Nós, que fez uma versão de Starman, que foi chamada de Astronauta de Mármore e fez grande sucesso.

Nesse disco Bowie encarna Ziggy Stardust, um alienígena que vem à Terra com o intuito de passar uma mensagem de esperança nos últimos cinco anos de existência do planeta, que acabaria devido à falta de recursos naturais, mas os humanos ficam abismados com o estilo de Ziggy e ele acaba formando uma banda de rock “Spiders From Mars”, Ziggy acaba gostando do modo de vida mundano dos astros do Rock e sentindo um vazio completo Ziggy acaba se suicidando.

Ziggy se tornou um modelo de androgenia na época, e isso o credenciaria como a maior referencia do estilo Glam. Bowie viveu durante 2 anos como Ziggy, interpretava o papel do alienígena em todos os lugares, isso começou a acarretar problemas para Bowie:

“Não me deixava sozinho durante anos. Foi quando tudo começou a azedar… Minha própria personalidade como um todo havia sido afetada. Tornou-se muito perigoso. Eu realmente tinha dúvidas sobre minha própria sanidade.”

Isso fez com que Bowie largasse o personagem no final de 73, um ano e meio depois do lançamento do disco. Agora com os 40 anos do disco, a gravadora, promete relançar o disco [novamente em vinil], com alguns extras e materiais inéditos.

Vamos aguardar o relançamento desse disco, enquanto isso procure o disco na internet e escute ele inteiro, e vai gostar da aventura de Ziggy no planeta terra.

Domingo voltamos com post novo

Bom final de Semana!

 

 

 

Anúncios

6 comentários em “O mundo celebra o disco mais conceitual de David Bowie

  1. ogasdacoca disse:

    Ele foi demais!!!!!!!Gosto de Nenhum, eles vão estar novamente na FEMI, feira de Xanxerê.
    Já fui em vários shows e é sempre válido. Sempre bom.
    Ferds, a agência Lápis Raro é aí de Minas. Esse comercial é lindo né?
    Então, para ual data você precisa da foto e a resenha do livro? É claro ue participo né.

    Mas me dá um prazo, estou terminando de ler e gostaria de falar sobre este, pode ser?
    Beijos

  2. Femme disse:

    Bom dia Bonvivant (:
    Pois é, depois de férias merecidas (…)

    Não sabia dessa história, sobre a incerteza da sanidade e as dificuldades dele limitar onde começa um, onde termina o outro. No entanto, acho que com a gente é assim também, somos verdadeiros alienígenas tentando se adaptar num mundo em que alienígenas fingem serem pessoas normais, com suas vidas normais.

    Bowie é um clássico, e esse album também é incrivel. As vezes é engraçado você perguntar sobre Bowie e alguém “não, não conheço” mas aí você mostra uma música como Ziggy Stardust ou Heroes, “mas essa música eu conheço” (…)

    Que o relançameto chegue aqui *O* e a gente possa reviver um pouco do que foi David Bowie, o que ele representou e essa época estranha e mágica que ele viveu. É impressionante que ele seja desenhista, pintor, cantor, ator, escritor, escultor e tenha tirado ZERO em arte na escola AHAHAHA.

    Até mais ver,

  3. cerise. disse:

    Eu acabei de ouvir Bowie, entro aqui e ce tá falando dele hahah Ele é incrível, o que passou com a personagem e o fato de ter largado ela quando já estava confundindo tudo…

    Adorei o convite pro post! Claro que eu participo, só me falar pra quando é que eu te mando por email (:

  4. ogasdacoca disse:

    Me parece um porco espinho, não?
    Então tá!!! Ficarei aguardando o seu contato.
    Beijos

  5. Julia disse:

    Sem dúvida ele marcou! Minha influência musical é meu irmão caçula, por muita sorte.rs Então ouço muito em casa David Bowie e curto.

    Quanto ao post, gostei da ideia sim e topo, mas como seria?

    Beijos!

  6. ingrid disse:

    qnd eu era pequena tinha medo qnd via essas fotos na revista.. nao entendia nada, e na verdade, só hoje fui entender…

    engraçado ele ter percebido isso, enquanto muitos artistas fazem quase que o mesmo e se deixam mesclar entre si mesmos e o personagem “pop/rock star” ….

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s