Se encontrando dentro de seu mundo [Absolvição]

“Somente diante de duas coisas somos todos iguais: a lei e a morte”

Esta é a minha primeira resenha de livro neste ano para o Blog, mas esse livro eu li nas últimas semanas de 2011, só que enrolei um pouco para fazer o post, dada a correria das festas e tudo mais.

Escritor e Professor de Cinema

Absolvição é o primeiro trabalho lançado no Brasil do escritor Italiano Antonio Monda, o livro reflete as difíceis escolhas do dia a dia, escolhas essas que definem nossas vidas e que sequer damos conta disso, Monda, tem um modo simples e direto de escrita, tornando o livro prazeroso, e por ser formado em cinema, o escritor adora citar seus filmes prediletos dentro dos diálogos, levando o leitor a procurar os filmes citados.

O Livro se passa em Nápoles onde Andrea Marigliano, um jovem ambicioso, que deixa seu vilarejo no sul da Itália para seguir carreira de advogado na cidade grande. Esforçado, é contratado pelo escritório do lendário professor Scalia, [o maior criminalista do sul], um homem aos velhos modos, que segue rigorosamente a ética e considera que ninguém é culpado até que se prove o contrário.

Aos olhos do mundo, Scalia não é mais o mesmo. Após um caso onde defendeu a máfia foi acusado injustamente de envolvimento, com isso perdeu muito prestigio em seu meio, seu comportamento adultero o levou a ser abandonado pela mulher. E agora, morando sozinho e afastado da família, tem de lutar contra uma doença fatal.

Andrea vê no professor a figura de um mentor e por vezes de um amigo [já que se sente muito sozinho], com a chegada de um caso de estupro em uma pequena cidade Italiana, Andrea acaba relembrando seu passado humilde e que a todo custou tentou esquecer. Ao mesmo tempo em que Scalia, deve rever seu maior rival dos tribunais e lutar contra a doença que a cada dia que passa avança mais.

“Mais tarde, em casa, senti que havia omitido a palavra solidão porque era a que me tocava mais de perto, e que talvez mais do que qualquer outra havia me ligado ao professor. Senti todo o seu peso quando escutei o segundo movimento do K.488, quando liguei a tevê em busca de nada e quando comecei a imaginar diante de mim todas as mulheres que eu jamais teria.”

O Livro tem uma história bem leve e envolvente, Andrea lembra um pouco Meursault de O Estrangeiro [Alberto Camus] Clique aqui e leia. Se você procura um livro bem leve para esses últimos dias de férias Absolvição é o seu livro.

Anúncios

2 comentários em “Se encontrando dentro de seu mundo [Absolvição]

  1. denise disse:

    Não conheço Andrea, da obra de A. MOnda…mas acabei de conhecer Mersault fim do ano passado e fiquei bastante impressionada .
    Mersault, o protagonista de O Estrangeiro é solitário e incomoda com sua sinceridade, transparência, apatia silenciosa, sem revolta, apenas com a aceitação do absurdo que o cerca.A prosa de Camus é seca e causa grande incômodo ao longo de sua narrativa.
    Mas é uma das maiores alegorias já criadas sobre o absurdo da existência humana. bjos

  2. ogasdacoca disse:

    Gostei da capa!!!!
    Flicker não ferds, não curto siuahsiauhiaha
    Nao to na onda das fotos, to na onda da preguiça mesmo, é muito mais facil fotografar e fazer edição de fotos do que fazer um post elaborado. Concorda?
    Mas logo vai ter ilustras minhas por lá.
    Beijos

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s