Voltando com roupa nova + Clarice

Meu Blog pedia pra voltar.

 

Eu sumi! Quanto tempo sem abrir o dashboard do wordpress. Nem reconheço mais isso aqui, cheio de parafernálias [se vc é moderno pode dizer gadges] de um lado e do outro, nem sei pra que serve a metade disso, mas não estou aqui para falar do meu problema de  anacronismo.

Voltei por que senti falta de escrever, voltei também porque todo mundo me pedia pra voltar [agradeço a Taci, Raboza, Desi, Tati Felix, Debodan, Srta.Vendimiati e a Gracinha], mas antes de voltar e explicar o motivo devo desculpas a Helena Miranda e Mayara Ristow que colaboraram com a revista e me viram sumir da noite para o dia.

Falta de tempo, a vida do campo me consome muito eu levanto cedo e to indo dormir tarde por conta de outras obrigações. Sofri um bloqueio na escrita e tirei folga de tudo. Volto então a escrever. E vou tentar manter o ritmo postando na quarta e na sexta. Se tudo der certo mudo para o regime antigo.

Clarice na Cabeceira – Crônicas

No inicio do mês passado “minha querida” me emprestou um livro, não sou de pegar livro emprestado, fazia isso na época do colégio com a biblioteca, desde que eu comecei a trabalhar eu peguei gosto de comprar livros, na tentativa de formar a minha biblioteca particular.

O Livro que me foi emprestado faz parte das comemorações dos 90 anos de Clarice Lispector [Livro Publicado no ano passado]. Clarice na Cabeceira – Cronicas. Neste livro a Teresa Montero reuniu 20 artistas de diversas gerações e os convidou a escolher Crônicas da renomada escritora e compartilhar um pouco do que era Clarice.

Assim antes de cada Crônica um artista escreve um pouco da sua convivência ou mesmo de como descobriu Clarice. Esse tom de respeito [misturado com admiração] torna o livro uma bela homenagem a Clarice, ao mesmo passo que faz o leitor se sentir mais próximo da Escritora. A maioria dos “eleitos” são contemporâneos a  ela o que torna o relato muitas vezes doloroso, como é o caso de Ferreira Gullar que apresenta o conto “O caso da caneta de Ouro”.

Mesmo com essa intimidade da apresentação das Crônicas, alguns dos escolhidos fugiram um pouco da idéia da homenagear e apresentar e criaram uma atmosfera enfadonha como é o caso de Diogo Mainardi e Thalita Rebouças [mas ambos são salvos pela beleza da escrita da Clarice].

Se você estiver sem o que ler procure nas livrarias o Livro Clarice na Cabeceira – Crônicas.

Antes de Partir deixo vocês com uma das Crônicas do Livro [Uma bem gostosa de ler]

 

Das Vantagens de Ser Bobo – Clarice Lispector

 

O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: “Estou fazendo. Estou pensando.”

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: “Até tu, Brutus?”

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor.

E só o amor faz o bobo.

Anúncios

4 comentários em “Voltando com roupa nova + Clarice

  1. O mundo de Assim...Assim... disse:

    Sua CARA esse POST!
    Adorei!

  2. Ingrid A. disse:

    E que so o bobo e capaz de excesso de amor.
    e so o amor faz o bobo”

    tem como nao gostar? amei o post de volta e ve se nao some sinto falta de ler vc.

  3. Vanessa disse:

    Aeeeeee! Voltaste!
    Seja bem vindo de volta!

    Bjosss!

  4. ogasdacoca disse:

    Ebaaaa, o cretino voltou!!!!!!!
    Adorei o post de volta ferds….
    Ser bobo é uma dádiva e muitas vezes um martirio….
    Mas só os bobos podem entender e só os bobos conseguem superar.
    =)

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s