Revisitando a Garota Nacional e outros Hits (Skank – Calango)

Skank foi uma das bandas que fez parte da minha infância e uma das primeiras bandas de Rock Nacional que eu comecei a escutar. Este CD foi o começo da carreira de sucesso da banda. Lançado em 1994vendeu mais de 1,2 milhão de cópias.


Apesar do Skank ser rotulado como rock, nessa época a banda estava mais para uma banda de raggae, abusando da sonoridade leve e o uso dos metais, algumas músicas tem além do vocal do Samuel Rosa, a participação de Abujamra.


1 – Amolação – A primeira canção não chegou a ser um HIT, mas é uma das favoritas de todos os fãs da banda. Assim como todo este CD ela tem um ritmo leve e com um forte swing, lembrado quase um Raggae. Essa primeira musica tem a participação do tecladista Henrique Portugal [no vocal]. A música passa por uma briga de um casal, onde o marido reclama da amolação sem fim da esposa.

2 – Jackie Tequila – Esse foi o maior HIT da banda, foi a bela Jackie que colocou a banda Skank no mapa, nessa época todas as rádios de tocavam esse HIT. Nesta música os instrumentos são bem explorados, criando um clima exótico.

3 – EsmolaSegundo Hit do CD, não teve a projeção fantástica da música anterior, mas fez bastante sucesso também. Esse seria a primeira música de protesto da banda. Apesar de ter um bom ritmo, é uma música cansativa, pq a palavra esmola é repetida diversas vezes.

4 – O Beijo e a reza – Uma das músicas mais legais deste CD mesmo sendo totalmente lado B. O instrumental desta canção é a mais diferente do CD inteiro. Aqui o  ritmo rápido foi substituído pelo ritmo mais lento e romântico. O refrão é bem forte e marcante: “Me dá um Beijo pq o beijo é uma reza pro marujo que se preza”.

5-A Cerca – Outro lado B, com certeza minha música favorita do Skank. A música é em forma de calango [ou repente dependendo da região] um embate entre duas pessoas. Nessa música a disputa fica a cargo de dois vizinhos que brigam por conta de uma cerca. A “batalha” tem a participação de André Abujamra da finada banda Karnak.

6 – Proibido Fumar – Uma regravação, a música do Rei [Roberto Carlos] ganhou uma roupagem moderna e dançante. A banda adotou a música pra sí e sempre é tocada nos shows.

7 – Te ver – Este seria o verdadeiro começo das Letras de amor da banda, essa leva um tom de poesia. A letra fala de amor de uma maneira simples, porém profunda.

8 – Chega disso – Quando eu escutava o CD no Discman [faz tempo, quase 15 anos] do meu irmão, essa era uma das músicas que eu sempre pulava. Ela é chata e parece ser mal executada, lembra um som amador, estragando totalmente a sonoridade e harmonia do CD.

9 – Sam – É uma trova, apesar de a letra ser boa, o ritmo não é dos melhores. Fazendo a música ser esquecida dentro do CD.

10 – Estivador – Essa era outra música que eu não escutava, mas depois que eu passei o disco para o IPOD, ganhei gosto por ela. O estivador desta música é um estivador da vida.

11 – Pacato CidadãoUma composição genial da banda, ouvindo este som tenho  saudade do velho  Skank, que mudou muito deste primeiro CD, até este último. A música foi mais um dos Hits da banda, uma bateria leve e ritmada, e além do uso dos metais, tem belos toques de teclado. Foi considerada uma grande crítica social da época, mas ao contrário de um ataque ao estado a crítica é mais direcionada a população.

Existe uma parte que tem uma excelente Frase: “Se vc não gosta dele, diga logo a verdade sem perder a cabeça e sem perder a amizade”.

O disco pode ser facilmente encontrado nas lojas por menos de 18 reais. Existe uma nova versão do CD, com 11 faixas e mais 6 de bônus.

Anúncios

3 comentários em “Revisitando a Garota Nacional e outros Hits (Skank – Calango)

  1. Tambem escuto desde pirralha Skank, fui no show deles que teve esse ano aqui na cidade , eles sao demais…adorei..minha favorita desse album é Jackie Tequila..
    um beijo
    J^^h

  2. Vanessa disse:

    Gostava mto mais de skank nessa época, do que hoje em dia. Se bem que eu acho que eles melhoraram de uns 2 anos pra cá, qd eles estavam chaaaaaaatos…
    Tenho esse cd aí até hj!

    Bjosss!

  3. Marché Noir. disse:

    Oii!
    É, você está na saga do Skunk essa semana mesmo né. Ouvia muito na minha épocade adolescencia, já fui várias vezes em shows deles e hoje em dia ficou na memória…
    Um abraço, Carolina.

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s