Homenagens no centenário da Morte de Tolstói

“É no coração do homem que reside o princípio e o fim de todas as coisas.” Tolstói  

  

Este mês de maio se torna um pouco especial para os amantes da literatura Russa. Neste mês de Maio, completa 100 anos da morte do grande escritor Russo Liev Tostói. E para comemorar esta data serão relançados todos os seus principais livros.Entre esses lançamentos está o livro a”Ressurreição” vai aparecer pela primeira vez em português traduzido do russo, pelo escritor e tradutor Rubens Figueiredo [pela editora Cosac Naify]. No romance, um aristocrata reencontra num júri, injustamente acusada de assassinato, a criada com quem havia tido um romance e cuja decadência rumo à prostituição ele havia assistido. O encontro o leva a rever seus erros ao tentar buscar justiça para ela.   

Tostói além de escritor era um Pacifista, chegando a trocar correspondências com Ghandi. Além disso, ele também era um apreciador da vida no campo e sempre que podia discursava a favor deste estilo de vida que estava se perdendo na Rússia.   

Seu amor pelo campo era tão grande que resolveu se isolar vivendo a maior parte de sua vida sozinho, foi nesse tempo que ele tomou conhecimento de como o estado não favorecia essa classe social.   

Vendo este problema, o escritor fundou uma escola, onde ele mesmo criou o material didático que visava dar a liberdade criativa aos alunos. A escola foi um sucesso e ajudou muitas pessoas no meio em que vivia.   

Este período que ficou no campo, foi conhecido como a Conversão, seguindo os preceitos da Igreja e o isolamento o escritor começou a levar uma vida simples sem o apego aos bens materiais. Foi esse modo de vida que condenou Tolstoi também, sua maneira de agir estava começando a incomodar os Czares onde foi alvo de repressão e chegou a ser excomungado pela Igreja Ortodoxa russa.   

Em 1910 o escritor morreria vitima de uma Pneumonia, mas sua obra e seus idéias resistem até os dias de hj.   

    

    Principais Obras

  • Crônicas de Sebastopol
  • A felicidade conjugal
  • Cossacos
  • Guerra e Paz
  • Anna Karenina
  • Confissão
  • O reino de Deus está em vós
  • A morte de Ivan Ilitch
  • A sonata a Kreutzer
  • Ressurreição
  • Babine – o parvo – peça de teatro infantil
  • Obras Pedagógicas
  • Não posso me calar
  • Contos populares
  • O Diabo e Outras Histórias – volume de contos
  • Kholstomér, a História de um Cavalo[1]
  •     

         

         

     

    Anúncios

    2 comentários em “Homenagens no centenário da Morte de Tolstói

    1. Vanessa disse:

      As vezes me sinto meio ignorante lendo seu blog…O.o

      Tô rindo até agora de imaginar vc rindo na rua da cara de um cachorro por causa do meu dog person! kkkkkkkkk

      Bjosss!

    2. Madame Poison disse:

      Privacidade é tuuuuudo! Quem não gosta né??
      E alías, a forma de tratamento não deve soar estranha vindo de uma Madame, não acha??

    Comente [Vamos dividir um Drink!]

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s