3 x 0

Por Humberto Domiciano

Se a música fosse como o futebol, poderíamos dizer que grandes clássicos já foram travados. Como os primeiros álbuns de Paul e John depois dos Beatles, em 1970 ou o primeiro do Black Sabbath sem Ozzy e o início da carreira-solo do Madman, em 1980.

No entanto, a disputa mais recente da música deu-se com o esperado e já famigerado “Chinese Democracy” do Guns N’ Roses com o primeiro disco-solo do guitarrista Slash, lançado neste ano.

A preparação para o jogo envolveu estratégias diferentes. É como se o Guns tivesse perdido um Zico e trazido três bons jogadores para suprir a ausência.

Do outro lado, Slash, sem o ‘centroavante’ Axl Rose, optou por trazer medalhões como Iggy Pop, Chris Cornell, Ozzy Osbourne e até uma improvável Fergie.

Parceiros de chá e rock and roll

Dentro de campo, por outro lado, o desempenho das duas equipes acabou sendo diverso. O “Chinese Democracy” está longe de ser um disco ruim. No entanto, faltou cadência na condução do trabalho. Em alguns momentos, é possível perguntar-se se estamos ouvindo mesmo o Guns. Outro ponto que influenciou foi a falta de um organizador para o jogo, talvez um camisa 10, como Slash.

A outra equipe, por sua vez, mostrou que o entrosamento nem sempre é fundamental. O guitarrista Slash juntou muitos músicos, mas conseguiu dar padrão de jogo e a cada som é fácil perceber o tom da guitarra.


Axl na antiga boa forma

Nas jogadas individuais, Axl mostra boa forma em “Better” e “Catcher In the Rye”. Já Slash quando tabela com Chris Cornell e Kid Rock, faz bonito.

No fim, os 3 x 0 foram merecidos, não pela inferioridade do Guns, mas principalmente pelo bom desempenho do Slash. Agora resta esperar que voltem a jogar juntos novamente, aí sim um grande time.


Anúncios

2 comentários em “3 x 0

  1. Desi disse:

    o Axl é estrela e vai continuar o resto da vida como Bonvivant, ele não sabe fazer outra coisa. Isso inclui atrasos, mulheres e claro “estrela”.
    Hoje não temos Guns, temos Axl e banda.
    Já o Slash tem melodia, faz da guitarra a extensão do seu corpo, nada mais natural que colocando até a Fergie para cantar fique ótimo.
    Cada um com seus méritos na história, prefiro que elec continuem sendo ícones de uma geração.

    Bjoos

  2. Juliana disse:

    Oi Amigo, nossa, em janeiro você deixou um comment no meu blog sobre o jogo mercado da arte. Só vi hoje, desculpa!!! O que você quiser pode contar comigo. Abs. Juliana

    O link era esse aqui ó http://tonsdepessego.blogspot.com/2009/12/mercado-de-arte.html#comments

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s