TCM – 50 Melhores Filmes que deve assistir antes de Morrer (Final)

Está é a última semana, depois disso vc pode morrer em paz.

Dirty Dancing – Ritmo Quente [Romance – 1987]

Diretor: Emile Ardolino

Elenco: Patrick Swayze, Jennifer Grey, Jerry Orbach

Por que você deveria ver?

Mais de 20 anos depois da sua estreia, Dirty Dancing – Ritmo Quente pode ser apreciado como um insuperável exercício de entretenimento que não perdeu força com o passar do tempo. Trata-se de um dos grandes sucessos de bilheteria da década de 80 que conquistou o público graças à mistura efetiva de romance e dança, a carga erótica de algumas coreografias e a química irresistível da dupla Swayze- Grey.

A popular trilha sonora do filme incluía não apenas a vencedora do Oscar de melhor música – “I’ve Had the Time of My Life” –, mas também a música composta e interpretada pelo próprio Patrick Swayze, um dos clássicos dos anos 80, “She’s Like the Wind”.

Segunda 21 de dezembro, 22h l Reprise terça 22, 17h40

Lolita [Drama – 1962]

Diretor: Stanley Kubrick

Elenco: James Mason, Sue Lyon, Peter Sellers

Por que você deveria ver?

Lolita é uma excelente e transgressora adaptação feita por Stanley Kubrick do clássico literário de Vladimir Nabokov, que também escreveu o roteiro. A lasciva e turbulenta relação entre um professor universitário – interpretado de forma inigualável por James Mason – e Lolita, uma sensual adolescente (Sue Lyon), ofereceu ao cinema uma história de amor e perversão que escandalizou os setores mais conservadores.

Desde a sua estrutura narrativa – que começa pelo duelo final – até o cartaz inesquecível, tudo é sensualidade e prazer neste filme.

Fazem parte do grande elenco um intrigante Peter Sellers, no divertido papel de Mr. Quilty (clara referência simbólica à culpa do protagonista), e Shelly Winters, no papel de mãe da garota.

Segunda 21 de dezembro, 23h50 l Reprise terça 22, 15h

O Picolino [Musical – 1935]

Diretor: Mark Sandrich

Elenco: Fred Astaire, Ginger Rogers, Edward Everett Horton

Por que você deveria ver?

Uma das cenas que todo espectador se lembra em O Picolino é a de Fred Astaire vestido com um smoking impecável dançando a balada Cheek to Cheek junto com seu eterno par cinematográfico Ginger Rogers. A delicadeza dos movimentos e o belo som do sapateado nos transmitem uma elegância única.

Suntuosa, com figurino e cenários exuberantes, esta inigualável comédia musical foi uma das mais deliciosas colaborações da virtuosa e icônica dupla de dança formada por Astaire e Rogers e um clássico indiscutível do gênero.

Terça 22 de dezembro, 22h l Reprise quarta 23, 14h

Um Convidado Bem Trapalhão [Comédia -1968]

Diretor: Blake Edwards

Elenco: Peter Sellers, Claudine Longet, Jean Carson

Por que você deveria ver?

Um Convidado Bem Trapalhão é um dos clássicos por excelência da comédia do absurdo. Peter Sellers brilha e a transforma em um dos seus filmes mais populares.

Blake Edwards utiliza o contexto do cinema para contar a história de um ator indiano que estraga uma cena e, por engano, é convidado para a festa para o elenco e a produção do filme. Na mansão de um dos produtores, Sellers não para de criar confusão, transformando a noite em uma catástrofe delirante, com momentos inesquecíveis como o do banheiro inundado ou o garçom bêbado que sempre toma um gole das bebidas antes de servir.

Terça 22 de dezembro, 23h45 l Reprise quarta 23, 15h45

Bravura Indômita [Faroeste – 1969]

Diretor: Henry Hathaway

Elenco: John Wayne, Glen Campbell, Kim Darby

Por que você deveria ver?

Trata-se simplesmente do faroeste que rendeu a John Wayne o seu primeiro e único Oscar® de melhor ator. Bravura Indômita foi baseado em um romance de Charles Portis e conta a história de uma jovem decidida a encontrar o assassino do pai com a ajuda de um velho xerife.

A composição magnífica que Wayne fez do caubói batendo em retirada, com direito a um tapa-olho (clara homenagem ao diretor John Ford), provoca a sensação agridoce de repassar a trajetória única de um gênero que está chegando ao fim.

Quarta 23 de dezembro, 22h l Reprise quinta 24, 14h


A Noiva de Frankenstein [ Terror – 1935]

Diretor: James Whale

Elenco: Boris Karloff, Colin Clive, Elsa Lanchester

Por que você deveria ver?

A continuação de um dos clássicos por excelência do cinema de terror, A Noiva de Frankenstein é, ao longo do tempo, um claro exemplo de que algumas continuações podem ser tão ou mais atraentes do que o filme original. James Whale tocou esse projeto com Boris Karloff, que estrelou o filme dotando o monstro com a personalidade de uma criança perdida que descobre o mundo dos adultos. Esta evolução de Frankenstein está centrada na incompreensão do outro, na solidão e no amor não correspondido. A autenticidade do sentimento que a história passa é manifestada na trágica e poética cena em que o monstro é rejeitado pela mulher prometida.

Quinta 24 de dezembro, 0h15 l Reprise quinta 24, 18h10


A Canção da Vitória [Musical – 1942]

Diretor: Michael Curtiz

Elenco: James Cagney, Joan Leslie, Walter Huston

Por que você deveria ver?

Todos os condimentos essenciais da comédia musical são orquestrados sob a batuta do diretor de Casablanca, Michael Curtiz, para reviver a vida do grande dançarino George M. Cohan. Um filme que cumpriu sua missão de comunicar a importância da intervenção norte-americana na Segunda Guerra Mundial e foi um pouco mais além, tornando-se um canto patriótico aos Estados Unidos.

Com sequências prodigiosas de dança e a esplêndida fotografia preta e branca de James Wong Howe, o filme conta, em tom de comédia, como o criador de um dos grandes sucessos musicais norte-americanos conseguiu concretizar o famoso “american dream”. Mas, sem dúvida, a versatilidade e o virtuosismo de James Cagney no papel principal, seus diálogos rápidos e afiados – como só ele sabe fazer – e sua habilidade surpreendente para a dança são atributos que tornam este filme memorável.

Quinta 24 de dezembro, 22h l Reprise sexta 25, 14h

Grease – Nos Tempos da Brilhantina [Musical – 1978]

Diretor: Randal Kleiser

Elenco: John Travolta, Olivia Newton-John, Stockard Channing

Por que você deveria ver?

Esta adaptação do musical homônimo da Broadway entrou para a história como um filme de uma geração, que marcou todo mundo que viveu a juventude no final dos anos 70. A obra de Randall Kleiser recria com enorme nostalgia o ambiente dos filmes juvenis da década de 1950 com o inesgotável argumento do rapaz durão que gosta de uma briga mas acaba apaixonado pela menina meiga.

Revisitando o gênero musical clássico, com números realmente maravilhosos, o filme se apoia na química de um dos casais mais emblemáticos do gênero – John Travolta e Olivia Newton-John -, que se consagraram como ícones da cultura pop. As melodias fáceis, e já clássicas, de “Hopelessley Devoted to You”, “Summer Nights” e “Sandy” ilustram as situações típicas deste tipo de filme: a guerra dos sexos, as brigas entre grupos rivais, os pegas com carros, as piadas na escola, as reuniões no refeitório e o descontrole da diversão noturna.

Sexta 25 de dezembro, 0h15 l Reprise sexta 25, 17h30

Simbad e a Princesa [Fantasia – 1958]

Diretor: Nathan Juran

Elenco: Kerwin Mathews, Kathryn Grant, Richard Eyer

Por que você deveria ver?

Neste filme, Simbad deve voltar à perigosa ilha de onde os ciclopes haviam escapado. Lá, ele deverá encontrar os ingredientes para uma poção que quebrará o feitiço que acomete sua amada, reduzida ao tamanho de um elfo pelo mago Sokurah. Este clássico de aventura conta com uma variedade de criaturas fantásticas, além de qualquer imaginação – sem contar Harryhausen, o verdadeiro protagonista de Simbad e a Princesa, que cuidou dos efeitos especiais. Mediante a técnica de “stop motion”, Harryhausen deu vida a monstros nunca igualados na história do cinema fantástico, como o ciclope, o dragão e o esqueleto animado (que reapareceria multiplicado em Jasão e o Velo de Ouro).

Sexta 25 de dezembro, 22h l Reprise sábado 26, 15h30

Os Sete Samurais [Drama épico – 1958]

Diretor: Akira Kurosawa

Elenco: Takashi Shimura, Toshiro Mifune, Yoshio Inaba

Por que você deveria ver?

Não é comum encontrar na história do cinema um filme que tivesse durado mais de três horas e não tivesse deixado o telespectador entediado em nenhum momento. Os Sete Samurais, do mestre oriental Akira Kurosawa, é um deles.

Este relato de aventura nos transporta até o Japão do século 16, onde humildes camponeses, cansados do ataque constante de ladrões, tomam a decisão de pagar alguns samurais para defender sua terra.

Kurosawa filma memoráveis sequências épicas com um estilo ascético que evoca a força visual do cinema mudo. A trama, que, em princípio, parece simples, vai se complicando por fatores secundários e por aspectos que rodeiam cada um dos personagens, obtendo como resultado não só um filme muito físico como também uma obra poética com momentos cheios de dignidade, honra e humor.

Os Sete Samurais foi inspirado em um importante remake de Hollywood intitulado Sete Homens e um Destino, que ficou marcado na história como um notável western.

Sexta 25 de dezembro, 23h35 l Reprise sábado 26, 17h05


Anúncios

6 comentários em “TCM – 50 Melhores Filmes que deve assistir antes de Morrer (Final)

  1. ...assim, assim... disse:

    Nóoooooooooooooooooooo…falta pouco entao para eu morrer feliz…kkkk

  2. Nem me fale em Mac Book Pro.
    Tenho o MacBook branco, só que ele resolveu morrer…. sim ele partiu eu acho!
    Estou com um igual, só que do meu tio, que ele não estava usando porque comprou um MacBook Pro.. que é tudo! Adoroooo….
    Vou ver se compro um novo agora, talves o Pro.

    Vamos torcer para o Papilis estar de bom humor!
    hahaha.

    Beijocas xuxu!

  3. uma para mim tbm de presente…. auhauhauahau……
    que post enorme, hein?

    abracos, fe

  4. Ana Carolina disse:

    Para mim, de todos o melhor é Lolita, filme incrível!

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s