Chegou o Natal….(e o q vc fez ?)

Acabou o ano.

 

Amanhã começa Dezembro, o último mês do ano,  época de celebrar, dar presentes, comer panetone e também é época de pegar filas e filas em qualquer lugar q vc for.

Está é pior época do ano para se ir a qualquer lugar. Ontem já provei um pouco do gosto deste problema, fui comprar uma garrafa de vinho pra acompanhar o fim do Domingo e peguei uma fila Homérica dentro do Carrefour. Só que eu fui corajoso [Não sei se posso dizer q é coragem ou apenas muita vontade de beber] e fiquei até o final e consegui levar minha garrafa pra casa.

Está época é marcada também pelas confraternizações das empresas, normalmente nessa época a empresa faz um amigo secreto e aluga uma chácara para o pessoal se confraternizar. Ai é um tal de beber aqui, beber ali e no final todo mundo acaba da piscina [ou por vontade própria ou por pura pressão].

A tem também os encontros com os familiares [como eu odeio tudo isso], ai vc vai à casa da sua Avó, encontra com uns primos q vc faz de conta que não vê pra não ter o q se conversar. Mas na casa da sua Avó vc é obrigado a se fazer de bom amigo e gastar seu precioso tempo com aquele seu primo que a única coisa em comum q tem com vc é a mesma avó.

Faz uns três anos que eu não vou ver parentes no Natal [Ufa!!!] Eu não tenho mais avós, isso me livra a pele de ter q me encontrar com meus primos.

Então chegou o fim de ano, compre os presentes para seus amigos. Pegue filas gigantescas para comprar ameixa para o Natal. Depois repita todo o processo na semana do Ano Novo [todo fim de ano é igual].

[Pra tudo isso se arme de paciência….vc vai precisar]

Davydendo Vence e vai pegar Federer (ATP Finals – Semifinais)

C´mon !!!!

Djokovic tentou, mas não foi desta vez, o sérvio aproveitou o mau momento do número 2 do mundo para vencer a partida por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3, em 1h56 de jogo. Nadal chegou a receber atendimento em quadra. Com isso o capitão da Espanha na copa Davis está preocupado com a situação física de Nadal.

Na última partida do dia, tivemos a definição da última vaga e  ainda vimos Soderling, perder a primeira partida por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7/4), 4/6 e 6/3, em 2h04.

Desta vez no fundo de quadra Davydenko foi melhor, muito mais sólido nos seus golpes do que seu adversário o Sueco Soderling.

Jogos de HJ

Por volta do meio dia Federer joga contra Davydenko, os dois já se enfrentaram 12 vezes no circuito da ATP, mas das 12 Davydenko não venceu sequer uma partida.

Já Del Potro e Soderling, fazem a partida noturna, os dois já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória pra cada lado.

VAMPIROS: livro&filme. Do antigo ao atual.

Por Maiara Ristow

[Antes disso Nota do ATP Finals, lembrando a todos que amanhã estaremos no Ar com notinhas novas]

Após algum tempo sem aparecer, aqui estou eu novamente…

E com um assunto que afirmo, gosto literalmente.

 

A maré esta boa para livros, filmes e seriados referentes ao mundo vampiresco.

São escolas especiais para vampiros (livro Marcada), o estrondoso SUCESSO de lua nova (Filme da saga Crepúsculo), e o sangue sintético para vampiros (True Blood).

Pegando o bonde, vamos citar um grande sucesso.

 

ENTREVISTA COM O VAMPIRO.

 

Bem, creio que vcs já conhecem, ou ouviram falar… Caso contrário devo dizer que NÃO é um lançamento. O livro ‘entrevista com o vampiro’ é o primeiro da série: Crônicas vampirescas da autora estadunidense ANNE RICE.

 

Lançado em meados de 1976, seu título já mostra totalmente o que passa no decorrer da leitura..

 

Em pleno século XX, um vampiro concede uma entrevista a um jornalista.

Louis conta sua trajetória de aproximadamente 200 anos. Quem o transformou e como passou por isso.

O livro se passa totalmente em um diálogo entre perguntas e lembranças…

Cita personagens marcantes como o vampiro LESTAT, que foi o responsável pela transformação na vida.. Ou devo dizer morte… De Louis.

Caixões estão presentes na vida dos vampiros. Assim como não poder ver a luz do sol.

Este livro, com certeza é um clássico no mundo vampiresco.

Outro personagem que é muito marcante é a pequena Claudia, transformada ainda criança seu corpo se mantem intacto a evolução psicológica da menina… Com o tempo AGE, PENSA E SE COMPORTA como mulher. Porem seus desejos são ignorados e a pequena é tratada como uma eterna criança.


A entrevista com o vampiro foi para as telonas em 1994.

Mostra claras diferenças entre o livro, mais não abandona a estória central.

O elenco vem com belos atores como Brad Pitt (Louis) e Tom Cruise (Lestat).

 

Anne rice é uma grande escritora, então se vc que gosta de contos e histórias sobre o assunto, porem, não aguenta romances adolescentes, fica ai uma ótima dica.

O livro é destinado ao público adulto e faz uma boa mistura entre Ficção e suspense.


Federer perde, mas se classifica em primeiro (ATP Finals – 3Rd Round – Grupo B)

Murray vai chorar em casa…..

Murray fez a sua parte, mas isso não era o suficiente, para passar para  a próxima fase o “Dono da casa” precisava contar com uma vitória do Federer, mas ontem não era o dia do Suíço e o Federer, perdeu novamente para Del Potro.

O Grupo A ficou Definido assim, Federer em Primeiro [Q pega o Segundo Colocado da Chave B] Del Potro em segundo [Q pega Soderling]

Davydenko o Ciborg

Nas partidas de hj teremos as definições da segunda chave.

Não antes das 12h15
Rafael Nadal (ESP) vs. Novak Djokovic (SER)

Não antes das 18h45
Nikolay Davydenko (RUS) vs. Robin Soderling (SUE)

Nadal já está eliminado do torneio, não tem mais chance, mas precisa defender sua posição de número 2 do mundo. A diferença entre os dois é de 1.300 pontos, se Djoko for campeão do torneio ele ultrapassa Nadal.

Já Davydenko precisa vencer e contar com um tropeço do Djoko para se classificar.

Fique de olho nas emoções do ATP Finals, amanhã notinha sobre as Semifinais do torneio.

Com um suspiro ele volta a viver (O livro – A Trégua – Mário Benedetti)

A Trégua, o melhor livro que eu li este ano.

[Antes rodada da ATP e o Campeão Voltou]

A mais ou menos um mês, entrei na Saraiva perto da minha casa, para matar um pouco do tempo do meu Domingo ocioso. Vasculhando as prateleiras eu encontrei A Trégua. O livro tava meio de canto, sozinho, escondido sobre uma pilha de outros livros.

Dei uma lida na sinopse do livro e fui averiguar a parte interna, percebi que era um livro fácil de se ler. As folhas eram grossas, o espaçamento entre as linhas e também a letra era bem impressa. Comprei o livro.

Passei no mercado e comprei um vinho branco [precisava combater essa terrível onda de calor de São Paulo] me deitei no quarto, liguei o Ar no máx e desfrutei deste livro que é uma jóia rara.

O livro conta a história de Martín Santomé, um homem simples que está perto da sua aposentadoria, sua esposa morreu ainda jovem, deixando dois filhos e uma filha pra se criar.

Em geral ele é um bom Pai, mas não é do tipo comunicativo, e o tempo ajudou seus dois filhos homens a se distanciar do Pai. Já a garota é a mais companheira de Martín. Antes de se aposentar Martín recebe novos funcionários em seu escritório, dentre os novos uma pessoa lhe chama  atenção a Jovem Laura Avellaneda.

Com isso ele volta a conhecer o amor e não só o amor, ele começa a se redescobrir como homem, sua vida muda totalmente.

O mais divertido que tudo é escrito em forma de diário, antes de conhecer Avellaneda [sempre a cita em seu livro assim] suas escritas eram calmas e demoravam semanas até um novo relato, mas depois de Avellaneda todo dia é motivo pra escrever as suas memórias.

Além de conviver com Avellaneda em seu diário, ele também relembra passagens da falecida esposa e encontro com seus amigos.

O livro é muito bom, com uma pitada de sarcasmo usado na medida certa, eu gostei tanto do livro que eu não queria que ele chegasse ao seu fim. Arrisco a dizer que este livro foi o melhor que eu li este ano.

O livro é escrito por Mario Benedetti, que até a compra deste livro eu não conhecia, nascido no Uruguai, este escritor é o seu filho mais famoso. Benedetti morreu este ano com seus 88 anos.

Nesta Semana eu comecei a ler Meridiano de Sangue de Comark MCarty e assim que eu terminar vou procurar outras pérolas de Benedetti.

Abaixo vou Transcrever um trecho que achei um dos mais bonitos do livro.

Segunda, 24 de Fevereiro.

É evidente que Deus me concedeu um destino escuro. Nem sequer cruel. Simplesmente escuro. É evidente que me concedeu uma trégua. No início, resistir a acreditar que isso pudesse ser a felicidade. Resisti com todas as minhas forças, depois me dei por vencido e acreditei, mas não era a felicidade, era só uma trégua. Agora, estou outra vez metido no meu destino. E ele é mais escuro do que antes, muito mais.