Tangled Up In Blue (A fase triste de Picasso)

“Não se pode fazer nada sem a solidão.” Pablo Picasso.


Blue

Seguindo a tendências de outros Blogs, vou fazer um Post sobre o Azul. Essa não é a minha cor favorita, mas é a fase favorita de um dos maiores pintores espanhóis de todos os tempos. Picasso.

Picasso

Picasso

A fase azul é o período de sua vida artistica onde a melancolia tomou conta de sua vida e de seus quadros, essa fase durou de 1901 á 1905. Os principais quadros produzidos neste período têm como referencia o uso de tons de Azul, para representar toda a sua tristeza.

A fase teve inicio com os quadros onde ele representava uma série de senhoras em bares [sinal de decadência] fumando e tomando absinto [a famosa fada verde]

Auto Retrato (1901)

Auto Retrato (1901)

Nestes quadros ele ainda empregava outras cores, esse período é conhecido como pré azul, a fase azul total chegaria na primavera daquele mesmo ano [1901] com o quadro O Funeral de Casagemas (Evocação).

Casagemas era um grande amigo do pintor, que cometeria suicídio naquele mesmo ano. Casagemas passava por problemas amorosos, ele amava uma das modelos de Picasso; Germaine Gargalo, só que o amor não era correspondido.

A morte de Casagemas A Evocação 1902

A morte de Casagemas A Evocação 1901

Em 17 de fevereiro de 1901, Casagemas fica sabendo que Germaine está tendo um caso com um pintor [Ramon Pitxot] então enfurecido Casagemas vai de encontro com Germaine em um café da cidade, com o intuito de matar a musa. Após ser impedido de matar Germaine pelo seu também amigo Manolo [q por sorte e azar estava no dia tomando café] Casagemas não se vê com outra saída. Então Casagema se mata na frente da amada e do amigo Manolo.

Ao saber da notícia, Picasso fica perplexo com a morte do jovem amigo, e parte para a degradação humana, começa a conviver com prostitutas em cabarés de Barcelona.

Meu quadro favorito da fase - O Velho Guitarrista (1902)

Meu quadro favorito da fase - O Velho Guitarrista (1902)

Picasso também acaba rompendo com Père Manãch, o seu primeiro facilitador e apoiador das artes [q não pode ser considerado um Mecena], o rompimento se deu por Père não apoiar o uso do azul nas telas.

Picasso então começou a estudar e se aperfeiçoar no uso do azul. Viajando para Paris em 1902 e ficou na casa de um amigo, o escritor[Max Jacob] onde compartilhou o máximo da miséria, um ano depois consegue juntar dinheiro e volta para Barcelona e pinta os seus quadros mais famosos desta fase [Os Pobres na Praia, A Celestina e A Vida]

Pobres na Praia (1903)

Pobres na Praia (1903)

A vida (1903) - O Rosto pintado no quadro é de Casagemas

A vida (1903) - O Rosto pintado no quadro é de Casagemas

No verão 1904, Picasso faz sua última viagem para Paris e lá conhece Fernande Olivier. Uma modelo por quem Picasso se apaixonou, seu relacionamento durou sete anos, Fernande foi responsável pela saída de Picasso da Fase Azul que se daria gradativamente um ano depois.

O Azul transmite a tristeza e solidão, por ser uma cor fria, a palavra em inglês “blue” virou sinônimo de solidão, Bob Dylan em 1975 escreveria sobre os desencontros e as tristezas dos relacionamentos com a música Tangled Up In Blue [literalmente Emaranhado na fossa], uma das minhas favoritas do disco Blood on the Tracks.

E como diria Fontaine: “Sobre as asas do tempo, a tristeza vai-se embora”

Picasso no fim da vida e distante do passado azul

Picasso no fim da vida e distante do passado azul

Anúncios

10 comentários em “Tangled Up In Blue (A fase triste de Picasso)

  1. Willy Barp disse:

    você não tem a impressão de essas figuras serem quase “pré-históricas”? Rupestres.
    N sei explicar.
    Além, claro, de indiscutivelmente belas.

  2. Vanessa disse:

    Azul é a minha cor favorita…não acho q seja melancólica…

    Bjosss!

  3. Willy Barp disse:

    Quando digo “rupestre” quero dizer que essas figuras remetem ao “instinto” mais profundo do ser humano, uma arte perdida, animal, transcendente. Não no sentido de que a as pinturas são “antiquadas” ou “infantis”…
    Enfim. Esse é o caráter da arte: o de cada um poder tirar suas próprias experiências estética do trabalho do artista.
    Abraço.

  4. Priscila disse:

    Azul não é minha cor favorita, mas tbm não acho a cor em si triste, mas depedendo de como vc usa a cor pode significa varias coisas

    Só me fez me lembrar de literatura ; (
    Eu não gosto de literatura, é tanta coisa para saber, na realidade nem é isso que ruiim e siim interpretar o texto, as pinturas

  5. ...assim, assim... disse:

    “Sobre as asas do tempo, a tristeza vai-se embora”… Bjs, bjs!!!

  6. […] Picasso vivenciou muito bem a tristeza e foi onde produziu seus mais belos quadros [clique aqui e leia]. […]

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s