Ouvindo no IPOD (Canções q não são exatamente disso)

As canções nem sempre são o q parecem, normalmente vc acha q ela está falando de uma coisa e quando vc realmente presta atenção na letra não era nada naquilo q vc tinha imaginado.

Na maioria das vezes a canção em questão é feita para representar algo[ou não] e por ter um ritmo mais lento, levamos a crer q ela é de amorzinho e com isso ela pode acabar embalando nossos relacionamentos.

Mas a culpa não é do ouvinte e sim do artista, que nem sempre conta a real razão da criação da música ou mesmo a mídia que coloca a música na situação errada.

Só q vc não precisa mudar a canção tema do seu amor por conta disso, sigo os conselhos do sábio Humberto Gessinger [frase de programa de TV em 1999]

“Eu fiz essa canção a dez anos atrás e na época ela falava sobre uma coisa bem pessoal, se hj ela te faz bem, viva a canção independente do que eu quis dizer”.

Somos quem podemos ser com os sonhos q podemos ter

Somos quem podemos ser com os sonhos q podemos ter

5º Red Hot Chilli Pepers – Under The Bridge [ Sometimes I feel like I don’t have a partner / Sometimes I feel like my only friend / Is the city I live in, the city of angels / Lonely as I am, together we cry]

Uma canção bem famosa da Banda, algumas pessoas associam a música a perda do primeiro guitarra ou aos mais apaixonados outra baladinha de amor, mas não é nada disso a canção fala da dependência de Anthonny Kiedis com as drogas

Em outra parte da canção podemos encontrar uma tal de SHE [ela], essa SHE que ele está se referindo, era a sua dependência das drogas que ele comprava embaixo da ponte.

4º Oasis – Champgner Supernova [Someday you will find me / Caught beneath the landslide/ In a champagne supernova / A champagne supernova in the sky]

liamgallagher-gal-liveOasis é uma banda de atitude [uma das minhas bandas favoritas], cheio de polêmicas e frases de impacto. Só q dessa vez foi diferente, quando Noel fez a canção ele não imaginava o q ela queria dizer.

Isso mesmo uma “canção livre”, como um verso livre de poema, sem regras ou mesmo sentido, são apenas palavras e mais palavras jogadas em rimas. Só que essas palavras deslocadas se fez uma das canções mais belas, porém sem sentido do Oasis.[Palavras de Noel]

Dizem que o ato Champagner Supernova, significa fumar maconha e beber o espumante, será q foi daí q saiu à música?


3º Pink Floyd – Wish You Here [How I wish, how I wish you were here/ We’re just two lost souls / Swimming in a fish bowl / Year after year, Running over the same old ground / What have we found? / The same old fears / Wish you were here]

Essa canção é totalmente perdoável por duas razões, a primeiro pelo título Wish you Here [Eu queria q estivesse aqui] e a segunda por ser Pink Floyd, não dá pra imaginar o q se passa na cabeça desta banda progressiva, movida a altas doses de puro ácido.

A canção foi feita para Sid Barret, que havia se ausentado do mundo real e se tornado um escravo da sua própria mente brilhante e do mundo do ácido.

Syd Barret Talvez o maior gênio da música

Syd Barret Talvez o maior gênio da música

2º Rolling Stones – Sympathy for the Devil [Pleased to meet you Hope you guess my name, oh yeah / Ah, what’s puzzling you  Is the nature of my game, oh yeah ]

Canção mais q “Satanista” do Stones, foi usada como tema de casalzinho da novela da Globo, fazendo a canção se tornar muito popular nos meados de 2004, ganhando uma versão remix.

A simpatia pelo diabo virou tema de amor.


1º Eric Clapton – Tears in Heaven [ Would you know my name / If I saw you in Heaven? / Will you be the same / If I saw you in Heaven? / I must be strong / And carry on / ‘Cause I know I don’t belong / Here in Heaven]

Esse é o pior engano, em março de 1991 o filho de 4 anos de Clapton cai da janela do apartamento do pai e para tentar superar a dor ele cria a canção Tears in Heaven.

Ele não pretendia gravar a canção, mas um ano depois acabou incluindo a canção no disco acústico lançado pela MTV. A música virou um sucesso, mas poucos sabem da tragédia por trás da canção e alguns associam a uma canção de amor.

Clapton parou de tocar a música em 2004  por conta do tamanho da dor que a música ainda causa nele.

eric-clapton-unplugged

Anúncios

11 comentários em “Ouvindo no IPOD (Canções q não são exatamente disso)

  1. Gleica disse:

    Esse título me lembrou uma “conversa” sobre IPODs… você sabe do que eu falo!

    Eu comparo a música, a nossa vida… Pode iniciar tanto num berço calmo e tranquilo [como a wish you here], como pode ser também agitada [estilo a sympathy for the devil].
    Como um navio que era um pontinho lá longe, no final da linha que avistamos, pode chegar tão próximos de nós, em questão de minutos/horas.
    Altos e baixos… [tons acima ou abaixo].
    Assim soa a música. Assim soa a nossa vida…!

    Adorei o texto 😉

  2. Priscila disse:

    Não sou de SP, sou de Fortaleza- CE

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Sou pessima para achar sentidos das musicas (*fato comprovado)
    Teem umas musicas brasileiras (*que numca teria escultado se não fosse os prof.) que eram feitas no tempo da ditadura, é serio…eu não consigo ver sozinha (*só com ajuda do prof.) o verdadeiro sentido da musica
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Paradis disse:

    COMO ASSIM?????????????????
    Humberto Gessinger tá mooooooooointo diferente!!!
    Eu gostava pra carambra de Enghaw, tenho uns 3 cds!

  4. Carolina disse:

    mto legal o post, mas essas banda eu só ouço falar, pq minha irmã ouvia bastante ou pq meu pai ouvia.Minha irmã é só 7 anos + velha q eu, mas mesmo assim é mta diferença.Quando ela tinha minha idade era superfã de Sandy e Junior e eu, sinceramente sou a pessoa + desligada em musica da cidade.Só para ter ideia minha banda favorita se separou a uns 20/25 anos e a cantora morreu faz tempo também, e eu gosto mais da banda pelo significado das letras (The Carpenters, é bem velha, pouquinho menos q ABBA).Mas mto legal o q escreveu: um monte de coisa q eu n sabia e se n fosse vc nunca iria saber.rsrsrsrsrsrs
    PS:Eu moro em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, um buraco quente com uns 90 mil habitantes e o 2° maior polo industrial do estado e sem uma livraria e o cinema parece uma garagem.Mas a cidade é legal, só está meio doida pq a Paper veio pra cá e ela cresceu mto rapido.

  5. Carolina disse:

    É, o MT deve ser mto bonito…Pena eu não morar lá.VC é da onde?Pq se vc quer deixar um sul-matogrossense nervoso confunda MT com MS.Já coloquei na minha lista negra uma meia duzia de jornalista que, infelizmente, maram aula de geografia (por isso q o Brasil n vai p frente!rsrsrsrsrsrsrs).Sinceramente?Campo Grande é a Capital mais bonita do país, eu tenho certeza!!!Na Av.Afonso Pena ainda tem gente (e gente nova, hein!) que toma terére ouvindo musica (com um funk para variar do sertanejo e Maria Cecilia e Rodolfo.rrsrsrsrsrsrsrs).

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s