Esse tal de roqueenrol

Um grande jornalista aqui de São Paulo, vai nos brindar com uma notinha neste dia especial, onde além de comemorar o dia do Rock é o dia do Post #300 do Blog.

For those about to rock, we salute you !!!


Roupas de colegial masculino, óculos escuros, chapéus e maquiagem. Coisas aparentemente desconexas, mas tudo isso é rock n’ roll.

Jaqueta....Camisa surrada  e meu disco favorito Emotional Rescue

Jaqueta….Camisa surrada e meu disco favorito Emotional Rescue

O estilo que há quase 60 anos revolucionou o mundo da música, tem seu dia comemorado hoje. Tudo por conta do festival Live Aid, que reuniu em 1985, mais de 100 mil pessoas em Londres e na Filadélfia.

Esse pequeno preâmbulo mostra a importância que o estilo musical ganhou ao longo dos anos. Se no começo era uma coisa de marginais, o rock passou a conquistar mais e mais adeptos.

Com o tempo, veio a indústria fonográfica, os grandes shows e a era dos espetáculos. E infelizmente ter talento e atitude deixou de ser tão importante.

No entanto, a trajetória do rock revelou muitas bandas fundamentais e que merecem ser saudadas. Nos anos 60, além de Beatles, Stones e The Who, vale destacar Animals e Doors.

Na década de 70, o trio de peso, Purple, Led e Sabbath, mas também Grand Funk Railroad, Yes, Rush e muitas outras.

Se os anos 80 não foram tão produtivos, marcaram o fortalecimento do heavy metal, com Iron Maiden, Saxon, Judas Priest [que é dos anos 70, mas só nesse momento aderiram efetivamente ao metal].

Nessa história toda, o mais relevante é que o rock foi incorporado a cultura musical. Aqui no Brasil ainda falta um espaço para o estilo, tanto que na maior cidade do país, apenas uma rádio se dedica a tocar rock n’ roll por 24 horas.

Além disso, o número de publicações também caiu. Hoje são poucas revistas especializadas e talvez a mais famosa delas divide espaço com a música pop e com outros temas.

Por fim, vale ressaltar que a internet abriu um campo mais do que vasto para quem gosta do tema. Para fechar deixo uma frase cantada magnificamente pelo Sr. Jagger.

“It’s only rock n’ roll, but I like it…”

Anúncios

2 comentários em “Esse tal de roqueenrol

  1. gleica disse:

    Primeiro! Começar um post com o título de uma música da Rita Lee e terminar com Jagger, foi perfeito! 🙂
    Ahhh o rock… Repito milhares de vezes ao ouvir Grand Funk que eu deveria, mas deveria mesmo, ter nascido em outra década!!!
    E cada vez o rock se apagando mais…
    Felizmente existem pessoas como nós, que não dão todo o seu espaço para modinhas! No meu caso, espaço algum, diria.
    Adorei o post!!!

    • ferdssp disse:

      O cara q escreve é bom. Não é por ser meu amigo de longa data é por ser bom mesmo.

      Eu adoro Grand Funk tb.

      E hj em dia está cada vez mais chato…eu estou inclinado a pensar q definitivamente o Rock morreu.

      E sua banda….meu já entrou em contato com vc ?

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s