Philip Roth mostra vigor em novo livro (Indignação)

“Acho que a literatura está morrendo. Não por falta de bons escritores, o público é que morreu”. Philip Roth

01_roth

Em meio há livros de auto-ajuda e contos “vampirescos”, existe um escritor que se mostra ativo [e competitivo] apesar dos seus mais de meio século de vida, Philip Roth é este homem, homem e Judeu e que novamente surpreende com outro novo livro [29º livro publicado].

Muitos achavam q esse livro, seria como os últimos [O Fantasma sai de Cena, Animal Agonizante e homem comum] em que um personagem de meia idade, entra em crise existência e após flertar várias vezes com um perigo [as vezes a morte] ele acaba perdendo no final.

Este livro é totalmente diferente, em Indignação, Marcus Messner é um jovem, filho de um açougueiro Kosher [açougueiro q abate e corta sobre as regras Judaicas] que além de ser um bom filho que ajuda o pai na loja, também é um excelente aluno.

Mas tudo a sua volta começa a mudar com a aproximação da guerra da Coréia [1951], onde seu pai em um surto de paranóia começa a rastrear as pegadas do filho, que por muitas vezes está na biblioteca estudando. A perseguição é tanto q o Markie [o filho] se muda da faculdade local [em Newark, mesma cidade onde o escritor nasceu] e vai para uma mais longe, para ficar fora da paranóia do pai.

3618741052_fd508decd8A paranóia acaba passando para o filho também, q apesar das coisas acontecerem a seu favor ele não  acredita e nem aceita sua nova realidade, até mesmo quando conhece Olivia Newton, que é um tipo de garota totalmente fora dos padrões da época.

Outro problema do nosso personagem é a chegada da guerra, que na época recrutava jovens q não estivessem na escola, ai percebemos q Markie não estuda apenas para ser mais inteligente e sim para escapar dos horrores da guerra, ou mesmo torná-la mais fácil [como ele cita, q estudaria para conseguir uma boa patente e não morrer na linha de frente].

O livro coloca dilemas da juventude de qualquer pessoa[mas não é um livro para crianças], como problemas com relacionamentos, ideais de vida e a própria resistência ao sistema [muito rígido no colégio que vai estudar].

O Livro é uma leitura maravilhosa para o final de semana, que mesmo com a riqueza de detalhes e a redação fácil de Roth, faz o livro ficar inebriante.[o vício foi grande q li em 3 dias].

Anúncios

3 comentários em “Philip Roth mostra vigor em novo livro (Indignação)

  1. Li em uma revista uma recomendação desse livro Animal Agonizante. Fiquei interessada, mas não sabia muita coisa a respeito do autor. Achei interessante o tema desse novo livro, também.

Comente [Vamos dividir um Drink!]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s