Woody Allen volta com seu Café Society

Estreia hoje nos cinemas o mais novo filme do diretor Woody Allen, talvez na atualidade ele ainda seja um dos poucos diretores que leva o público ao cinema e não os atores em si. Isso porque a obra do diretor é grande são 53 filmes como diretor, suas histórias sempre giram em torno das relações humanas. E ter um Judeu, seu arquétipo [ele mesmo] favorito é sempre algo recorrente em sua obra.

Em Café Society a coisa não poderia ser diferente. Temos Bobby Dorfman [um sempre limitado Jesse Eisenberg] que chega a Hollywood nos anos 40 [sua era de ouro], Bobby faz o tipo garoto novo na cidade, se mostra desinteressado pelas coisas, mas no fundo está impressionado com a vida e as pessoas a sua volta.

rs-247750-RS-Cafe-Society

Bobby tenta ingressa na empresa do seu Tio Phill [Steven Carell]. Phill é o figurão da cidade e agente de celebridades e por dó coloca Bobby para fazer serviços simples na cidade. Para ajudar seu sobrinho a se ambientar ele convoca sua secretária Vonnie [Kristen Stewart] para mostrar as maravilhas da cidade.

Claro que Bobby ficaria apaixonado por Vonnie, ele enxerga na jovem a esperança de uma nova vida dentro de uma cidade que aos poucos o acolhe. Mas Vonnie já tem um namorado e aos poucos vai se encantando com Bobby.

Um dos triunfos deste filme de Allen, é seu outro arco, em contraponto a Hollywood temos Nova York, uma cidade mais dura, que não é feita de sonhos. Nessa outra realidade temos a família de Bobby, uma divertida família Judia [de onde saem os melhores diálogos], e seu irmão Ben [Corey Stoll que por diversas vezes rouba a cena] que é um gangster, que assim como seu Tio Phill cria um império em sua cidade.

Steve-Carell-in-Cafe-Society

Talvez entre dois últimos filmes do Woody Allen [Homem Irracional e Magica ao Luar], esse seja o melhor, mas o diretor peca ao escalar o elenco principal, Eisenberg tenta por vezes imitar o diretor e não consegue, sua ingenuidade também não cola, seu falar rápido também não. E sua química com a Kristen também não funciona. Ela sempre entregando mais do mesmo, com seu olhar entediado e sua fala lenta.

CafeSocietyStoll.0

Mas Café Society se salva pelas boas atuações dos coadjuvantes e a excelente trilha sonora. Que deve ter sido escolhida a dedo pelo diretor.

cafe-society-movie-poster-15x21-in-2016-woody-allen-kristen-stewart

Agora vá ao cinema e tire suas conclusões.

Voltamos Segunda!

Morrissey pensa em novo Disco!

Por incrível que pareça, Morrissey se animou com a nova turnê e está prometendo um novo Disco para os fãs da banda. Em recente entrevista ele afirmou que já tem tudo pronto para este novo trabalho, e a única coisa que está emperrando esse lançamento é a distribuição.

93900

Como todos sabem o cantor não é dos mais fáceis de se lidar e nesses anos ele rompeu com algumas gravadoras, Morrissey não aceita se submeter as decisões da gravadora, por isso rompeu com a Harvest Records, que lançou seu último Disco.

Na época um e-mail do diretor da gravadora acabou vazando e seu conteúdo dizia que a Gravadora não devia se importar com Morrissey, mas apenas com seu novo disco. Isso fez o cantor iniciar uma briga judicial e quebrar o contrato com a gravadora e ainda receber uma boa indenização.

Mas vamos dar um crédito para o “Moz” [apelido carinhoso] ele tem passado maus bocados nesses últimos anos, enfrentou um câncer que o enfraqueceu, teve problemas com a gravadora e pensou seriamente em desistir de tudo.

Sua pequena turnê no ano passado arrastou multidões, pelo mundo e sua passagem pelo Brasil também foi um sucesso. Já que sabemos muito bem que a banda nunca vai se reunir novamente, ver Morrissey na ativa é um colírio para os olhos de qualquer amante do Rock and Roll.

Vamos aguardar um novo disco!

Um dos meus sons favoritos da carreira solo do cantor

Voltamos na Sexta!

5 Razões para..[Ver O Esquadrão Suicida]

A crítica especializada tem atacado fortemente os filmes da DC, o Esquadrão Suicida é mais uma das vítimas, assisti ao filme na segunda-feira sem ler as críticas. Confesso que o filme não é uma obra prima, mas também não merece tantas críticas.

Suicide-Squad-poster

Ainda é um filme de herói e devemos resguardar as devidas proporções e devemos julgar se o filme serve ou não como uma boa diversão. Por isso elenquei:

 

5 Razões para…Ver O Esquadrão Suicida

a7a8c33f14b0412536295376e1dc9ed8253258f2

1)Participações especiais: O filme é sobre um bando de vilões, em geral vilões ClasseB do mundo da DC. Para mostrar que a vida deles não é fácil, temos duas aparições, Batman que captura o DeadShoot e a Arlequina e o Flash. Batman apareceu furtivamente dando a impressão que ele está em todos os lugares da cidade, assim como nos quadrinhos. E o Flash assim como nas revistas sempre com um senso de humor ao capturar seus inimigos. A aparição dos dois vale o ingresso.

1b3dbab0-3afa-0134-b057-0a814d95abff

2) Amanda Waller: Viola Davis, uma das melhores atrizes dessa nova sofra de Hollywood, depois de bons filmes topou entrar nesse mundo de super-heróis que paga bem, mas ao mesmo tempo pode acabar com sua carreira [contrato longo, duras críticas]. Não consigo imaginar outra atriz encarnando Amanda Waller, ela é um dos personagens mais fortes da DC [mesmo não tendo superpoderes] quando ela entra em cena, ela rouba a atenção para ela.

suicide-squad-posters

3) Flashbacks na medida: David Ayer foi bem competente ao criar um passado para cada personagem e inteligente o suficiente para cortas as milhões de Cena da Coringa, por mais que essa seja uma das críticas, o filme ainda é do Esquadrão. Para criar esse passado ele recorreu a bons Flashbacks e um dos melhores foi mostrar a relação doentia do Coringa e da Arlequina.

qEB3vmS

4)Trilha Sonora: Spirit in the Sky [Norman Greenbaum], Fortunate Son [Creedence], The House of the Rising Sun [Animals] Sympathy for the Devil [Rolling Stones] entre outros. Uma bela seleção, por mais que as vezes seja usado da maneira errada, ainda não desabona o filme.

Psicótica na medida certa

Psicótica na medida certa

5)Harley Quinn: Vamos esquecer a polêmica com a sensualidade da roupa e tudo mais, e vamos nos focar na boa atuação. Quem costuma ler os quadrinhos vai entender perfeitamente o que eu digo. A atriz encarnou perfeitamente a personagem, tanto na maneira de lutar como na loucura da personagem.

 

Claro que [as 5 boas razões] não cobre os pequenos buracos do filme, mas como eu disse inicialmente ele ainda é um filme de herói e serve para divertir.

Até quarta!

Woody Allen sob demanda

woody-allen_1491641c

Os serviços de Tv sob demanda estão cada vez mais populares, aqui no Brasil temos os amantes do NetFlix, que adoram as maratonas de séries no final de semana, aqui o NetFlix não tem uma concorrência direta, apesar de existir o Telecine on Demand [entre outros] lá fora a coisa é um pouco diferente.

A Amazon Prime Video, se mostra uma concorrente forte [com seriados famosos e uma maior diversidade de filmes]. E para acirrar ainda mais essa disputa, eles contrataram o Woody Allen para criar um seriado original para eles, mesmo depois de várias reclamações e tudo mais, o seriado ficou pronto.

O projeto que leva o nome de Crisis in Six Scenes, estreia agora dia 30 de setembro, e se passa nos anos 60 e mostra uma família de classe média que vive o caos com a chegada de uma visitante.

Como Allen não gostou de trabalhar com o serviço sob demanda, a série não vai ter uma continuação. E cada um dos seis episódios tem 30 minutos e vai contar com Miley Cirus, Elaine May, Rachel Brosnan e John Magaro.

Já que o serviço não tem previsão de chegar no Brasil, devemos esperar por Café Society que eu tive o prazer de assistir e que estreia mês que vem por aqui.

O filme resgata o Glamour de Hollywood em seus áureos tempos onde as estrelas de cinema eram intocáveis e os efeitos especiais eram desconhecidos. Um jovem judeu [Jesse Eisenberg] chega a cidade com a esperança de uma nova vida, já que seu Tio é um figurão da Indústria [Novamente perfeito Steve Carell].

Mas detalhes fica para uma próxima resenha.

Voltamos na Sexta.

Parabéns Roger Federer

federer_efe

Hoje o grande Roger Federer completa 35 anos de vida, quem acompanha meu site sabe o quanto eu gosto do seu estilo de jogo e sua maneira de atuar, dentro e fora das quadras. Quem ama tênis sabe o quanto seus movimentos plásticos encantam a todos e faz quem assiste acreditar que jogar tênis é algo simples.

Mas não acredite, bater na bolinha de Backhand [marca registrada do Federer] é bem complicado, vai muitas horas de treino e mesmo assim, é capaz que você não consiga ter um “golpe” tão eficiente.

71bd563fdb2b5a28e694f6cfde5a794a

article-0-1AD3312000000578-469_634x435

Federer se tornou profissional em 1998 nesse meio tempo ele ganhou 17 Slams, 6 atps Finals, 302 semanas como número 1 do mundo. Sem contar um Record de 1084 Vitórias e 245 Derrotas em toda a sua carreira.

Mas nem tudo são flores, Federer resolveu não jogar mais esse ano, preferiu se cuidar da lesão de janeiro e só voltar as quadras em 2017. Não podemos pedir mais de um cara que jogou tanto e se manteve competitivo por tanto tempo.

Ao mesmo tempo não podemos duvidar do Suíço! Ele sempre se reinventa para se tornar competitivo.

TENNIS-ATP-STEPANEK-FEDERER

Desejo felicidades ao maior jogador de Tenis de Todos os tempos.

C’mon Federer!

Allez Roger!